Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  dom,   24/janeiro/2021     
artigos

Servidores rondonienses estão na iminência de enfrentar um achatamento salarial ainda mais duro do que a realidade atual

03/05/2016 13:40:32
Gessi Taborda
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar

FILOSOFANDO

“Os moralistas fazem, com as devidas precauções, aquilo que os outros fazem sem cautelas”. Pitigrilli (1893/1975), foi o pseudônimo pelo qual ficou conhecido mundialmente o escritor, advogado e jornalista Dino Segre, Italiano nascido em Turim.

 

DEVASSA

Está mais do que confirmado: com Temer no comando da presidência da República será feita uma devassa no Programa Bolsa Família para excluir todos aqueles que não se enquadram no perfil do programa e mesmo assim recebem a grana do governo. E, como a gente pode constatar aqui mesmo em Porto Velho observando a fila de premiados nos caixas das lotéricas, são milhares beneficiados com essa boquinha em todo o Brasil.

 

OLHO VIVO

Além de implementar medidas que vão onerar demasiadamente os cofres públicos, vide aumento de salário mínimo sem previsão orçamentária e aumento do Bolsa Família e outras mais, deixando uma herança maldita para Michel Temer, corre solto em Brasília a articulação de um plano secreto do Planalto que obrigaria os cofres públicos a bancar o "governo paralelo" anunciado por Dilma após o afastamento.

 

QUARENTENA

A ideia é nomear ainda no governo atual, antes do dia 11 (data de votação do impeachment), os membros do futuro "governo paralelo". Ao serem demitidos pelo novo governo, pedirão o "direito a quarentena remunerada" por quatro meses, cujo esquema prevê aprovação da "quarentena" pela Comissão de Ética Pública, alegando "inviabilidade" de os demitidos obterem empregos. Olho vivo, brasileiros!

 

HORIZONTE TISNADO

Os servidores públicos rondonienses estão na iminência de enfrentar um achatamento salarial ainda mais duro do que a realidade atual. Uma fonte disse ontem que não consta da pauta do governo do PMDB, Confúcio Moura, o envio de projeto lei à Assembleia propondo reajuste para o servidor ter pelo menos a correção do índice inflacionário do período. A desculpa será a de sempre: a falta de recursos para proporcionar a recomposição dos salários e benefícios.

 

MAR DE DINHEIRO

Engraçado: para bancar os gastos astronômicos em propaganda, o governo não deixa de ter dinheiro às pampas. Quando se trata do servidor público o governo finge não acreditar que a categoria está sofrendo como nunca a redução de seu poder pecuniário, sendo obrigado a adiar compromissos, tais como aluguel, alimentação, remédios e educação dos filhos.

 

ENGANO

A maioria desinformada pensa que funcionário público tem poder aquisitivo melhor do que determinadas categorias. Ledo engano! Está próximo o dia que a via pública estará eivada com funcionários pedintes, notadamente aposentados. Enquanto isso, a classe política vive nababescamente.

 

ESTERTORES

Senador rondoniense conhecido por sua posição de governista apaixonado está decidido a pular do barco. Depois de sair de recente visita ao Palácio do Planalto o senador segredou sua certeza do fim do poder petralha: – No Palácio do Governo você ouve o barulho do vento e só... O garçom serve o cafezinho somente se você o chama...

 

COMPROVAÇÃO

Na manhã de ontem coube a Fábio Medina Osório, especialista em Improbidade Administrativa, Júlio Marcelo de Oliveira, representante do Ministério Público no Tribunal de Contas da União, e Maurício Conti, professor da Universidade de São Paulo comprovar os crimes de responsabilidade praticados por Dilma, pelos quais a (vá lá) “presidenta” será apeada do mandato dando lugar a Temer. É a vida que segue, como diria o saudoso João Saldanha.

 

ESQUENTANDO

Com as eleições e as convenções partidárias se aproximando, aumentam em Porto Velho as reuniões em bairros envolvendo pré-candidatos a prefeito e a vereadores. Nesse processo de esquentar os tamborins destaca-se o deputado Leo Moraes com o seu gabinete móvel. Entre os vereadores, quem está queimando sola de sapatos é Everaldo Fogaça.

 

SE PUDER, SORRIA...

Os juros do cheque especial ultrapassaram os 300% ao ano... Tem gente preferindo negociar com agiotas.

 

LAMBE-BOTAS

Da plataforma de lançamento de factoides do prefeito lambe-botas são escalados para fazer o vergonhoso papel de baba-ovo mauristas, mesmo diante da realidade de que essa gestão continua se desmilinguindo. É o caso de um panaca identificado como “Heráldica”, nervoso com o comentário da coluna sobre o turismo (rárárárá) na cidade que, pelo visto esse mané considera muito bom na política da gestão (??) do babalaorixá da prefeitura. Que o (a) Heráldica (êta nome do baralho) vá se roçar nas ostras.

 

ATRATIVOS

Um pouco mais comedido, Nelson Castro (que deve ter lá seus motivos de admiração pelo burgomestre) Nelson lista, depois de chamar a atenção do colunista para o fato de que turismo não reduz à EFMM (descobriu a América) “pescarias, balneários, hotéis fazenda, Shopping moderno, excelente culinária (destaque para o peixe), por do sol maravilhoso, boa rede hoteleira, excelente rede bancária [...], vida noturna, teatro, passeios de barco, hidrelétricas, custo de vida atrativo e um povo bastante receptivo como atrações de turistas na capital”.

 

HOTÉIS FECHANDO

Nelson certamente não compreendeu o espírito da coisa. Sua lista não é diferencial de nada em relação aos destinos verdadeiramente turísticos no próprio Brasil. Aliás, pela primeira vez ouvi dizer que rede bancária é ponto de atração de turistas. E sobre a rede hoteleira, certamente o Nelson não sabe do fechamento de muitos desses negócios e talvez não conheça o baixo índice de ocupação do sistema hoteleiro local. Engraçado, esse Nelson deve ser um piadista para enxergar tantos turistas em nossa capital de Porto Velho...

 

DECISÃO ESTÚPIDA

Um protesto escatológico mostrando o lado doentio dos manifestantes da esquerda de Porto Velho (uns poucos gatos pingados) aconteceu no último final de semana no tal reduto da “Fina Flor do Samba” (Meu Deus! O Samba não merece tamanha idiotização). Esses retardados espalharam pinicos no chão com as fotos de deputados rondonienses (que votaram pelo impeachment) e convidavam o povo para escarrar sobre tais fotos. Decisão estúpida. Ai pergunto: esse tipo de manifestação atrai a simpatia de alguém? Vai surtir efeitos contra aquele objeto da manifestação?

 

DOENTES

Certamente tudo isso não passa da confirmação de que essa esquerda idiota é apenas o resultado da geração doente, imoral e imbecil que defende quem provocou o maior festival e corrupção e roubo do Brasil, jogando no abismo a própria Petrobrás, empresa que no passado foi orgulho de todos os brasileiros. Esse tipo de manifestação apenas ficar a favor do impeachment até quem estava indeciso.

 

COM TRISTEZA

A coluna também registra com tristeza o assassinato de Heavy Ney, o mecânico e ativista político boa praça, a mais recente vitima do crime numa cidade e num estado onde a Segurança Pública não chega a ser um arremedo de política de governo.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: