Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  ter,   10/dezembro/2019     
artigos

Só nos resta apelar ao MP e ao TCE contra a anunciada volta do tenebroso Bob Sobrinho

19/05/2014 12:59:26
Gessi Taborda
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar
MULHER DE CASSOL

Difícil acreditar na inteligência de quem manobra os cordéis da política nesse momento de organização das chapas que irão para a disputa eleitoral. Dona Ivone, a mulher do (ainda) senador Ivo Cassol não deverá ser escalada para a equipe titular. Segundo fonte credível, ao dar pleno apoio ao lançamento da mana Jaqueline para disputar a sucessão estadual na cabeça de chapa, o ex-governador Cassol decidiu que sua mulher só poderá ser escalada para fazer figuração, como a de ser suplente de possível candidato ao senado, o transplantado (recentemente) deputado Carlos Magno.



SOCORRO MPs E TCE

Pode parecer coisa de doido, mas o PT rondoniense insiste no informe de que Roberto Ali Babá Sobrinho será candidato a deputado federal. E na Câmara Municipal, onde pululam mal feitos, até vereadores que estiveram hospedados no xilindró estão prontos para candidatarem-se. Essa é uma demonstração de que estamos no mato sem cachorro.

Se as nossas instituições não interferirem para colocar um "basta" em tanta corrupção e desrespeito às leis, a cidade de Porto Velho e o Estado, que já estão com dificuldades econômicas, viverá no futuro próximo momentos mais complicados. Essas instituições existem para garantir a todos os brasileiros a Constituição e as leis; Tribunal de Contas, Ministério Público e Judiciário. E, diante de tantas falcatruas, maracutaias, desvios do erário, superfaturamentos de serviços e obras, além da corrupção desenfreada em todos os níveis da administração pública (sem a condenação desses larápios que, pelo visto, ainda serão candidatos), está transparecendo que estariam coniventes. Será?


APOSENTADORIA ESPECIAL

Demorou, mas a vitória chegou. Após 13 longos anos de muita luta, mobilizações e trabalho árduo, as mulheres policiais podem, finalmente, respirar um pouco mais aliviadas. É que a presidente Dilma Rousseff, finalmente, sancionou o projeto de lei complementar que trata da aposentadoria especial de mulheres policiais. A medida, publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (dia16), reduz para 25 anos o tempo mínimo de contribuição para que mulheres policiais se aposentem. O projeto havia sido aprovado na Câmara no dia 22 de abril.


CONTADORES LOQUAZES

Mais do que responsáveis pela contabilidade, os contadores rondonienses querem melhorar sua capacidade de comunicação verbal. E para isso, diretores, conselheiros e delegados do Conselho Regional de Contabilidade de Rondônia terminaram a semana em curso de oratória, ministrado por Carlos Conce, especialista carioca em comunicação. Certamente, agora além de dar orientação aos candidatos e partidos políticos sobre a contabilidade da campanha, os contadores poderão dar dicas valiosas de como falar bem ao público.


CARA DE PAU

A maior preocupação do nosso governo incompetente é de aumentar impostos. Quanto mais aumenta a arrecadação, mais cresce a roubalheira. Com um governo sério e com a superarrecadação que temos poderíamos dar uma vida digna a todos. Mas o ladrão comum rouba e foge, o ladrão do dinheiro público rouba e, mesmo comprovado o roubo, tem a maior cara de pau de negar.



COPA DA BUNDA

Gosto não se discute, mas se lamenta. Já ouviram a música “We are one” oficial da Copa 2014? No clipe da música, somos um país de belos cenários naturais e, pelo visto, de nádegas e seios em profusão, rebolando ao som de um gênero musical que certamente não é brasileiro, cantado na maior parte em inglês e espanhol por cantores americanos de origem hispânica. E ainda querem que acreditemos que combatemos o turismo sexual.



SE FALTA EDUCAÇÃO...

É inquestionável que a redução da criminalidade, não só em Rondônia como em todo o país, está na educação. Entretanto, como não é conveniente ao Estado uma população que tenha consciência da infeliz realidade do Brasil, é necessário pensar em outra coisa. Como alternativa, existe a redução da maioridade penal; penas mais severas para os infratores ou, até mesmo, permitir que o povo tenha acesso a armas de fogo, uma atitude radical, mas que mostra resultados em diversos países mais desenvolvidos.



O MEDO

Em 2005, Duda Mendonça criou o slogan vitorioso “a esperança vai vencer o medo” para alavancar a candidatura de Lula e que o levou à Presidência da República. O objetivo era combater um medo disseminado e que era associado ao nome de Lula. Agora, depois de 12 anos no poder, com o país aos trancos e barrancos, o partido apela para o mesmo medo em sua nova propaganda política, tentando amedrontar os eleitores brasileiros a não mudarem.



MENOS MÍOPE

O Brasil pegando fogo, com protestos espalhados pedindo reparação dos malfeitos cometidos por nossos governantes, e eles maquinando incessantemente contra seu povo, como fazem agora os senadores da CPI da Petrobras, que não vai investigar nada, só driblar a sociedade. Não percebem que este povo está menos míope, enxergando de longe sua desfaçatez e canalhice?



ELES ADORAM DINHEIRO

Não há mais diferença entre os partidos políticos. As revelações em torno dos vários escândalos e da corrupção mostram que nem os “comunistas” resistem a um pacote de verdinhas. Tá explicado, agora, o exagero da paixão dos senadores José Pimentel (PT-CE), Humberto Costa (PT-PE) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) vinham atuando na defesa dos malfeitos do PT no que se refere à Petrobrás. A “comunista” do Amazonas deixou de lado a postura moderada do acreano Jorge Viana, que é petista. Agora entendo a possível razão: os três, membros da CPI da Petrobrás, receberam em 2010 doações de campanha milionárias de empresas que são fornecedoras da estatal. O que esperar desta "CPI da trapaça"?

Eu não diria que a CPI acabará em pizza, mas num chá da tarde entre a gangue instalada na Petrobrás e no governo. O melhor é aguardar as conclusões da Polícia Federal, do Ministério Público e do Tribunal de Contas.



TELHADO DE VIDRO

O PT, quando na oposição e sem ter experimentado o deslumbramento que o poder dá aos fracos, era a imagem da ética e da moral e podia, então, apontar o dedo a quem bem quisesse. Em contrapartida, a oposição da atualidade, com seu telhado de vidro, em suas tentativas de mostrar à população os deslizes do governo atual, esbarra na Lei de Talião. E quem perde com este "olho por olho, dente por dente" entre governo e oposição é o contribuinte, que vê o seu suado dinheiro indo embora pelo ralo sem ter com quem possa, de fato, contar para estancar esta vergonha nacional: a corrupção.
Enquanto isso, nós, cidadãos honestos, não estamos interessados em saber quem foi melhor ou pior governo, quem desviou mais ou menos do nosso dinheiro. Nós queremos é saber se ainda podemos pensar na existência de um políco que possa nos devolver a esperança de acreditar numa Rondônia melhor. Uma Rondônia que, governo a governo, não nos faça lembrar-se de um provérbio português que diz "atrás de mim virá quem de mim bom fará".



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: