Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  seg,   16/setembro/2019     
política

Mesmo solto, Valter fica fora do parlamento

8/12/2011 03:23:44
Por Rondoniagora
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar
Se por um lado o deputado estadual Valter Araújo (PTB) pode comemorar a liberdade, 19 dias após ser preso em flagrante pela Polícia Federal (PF) na Operação Termópilas por formação de quadrilha, sua vida mudou completamente.

Isso porque a ministra Maria Thereza de Assis Moura, do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deferiu liminar concedendo liberdade provisória, mas mantendo todas as demais medidas cautelares para garantir que ele não cometa novos crimes. Assim, ficaram valendo as demais determinações do desembargador Sansão Saldanha, confirmou a assessoria do Tribunal de Justiça, que são: a suspensão do exercício das funções públicas administrativas da Mesa Diretora, a suspensão da função parlamentar e ainda a proibição de acesso a Assembléia Legislativa, Secretaria de Estado da Saúde, Secretaria de Estado da Justiça, Secretaria de Estado de Finanças, Superintendência de Licitações, Corregedoria-Geral do Estado, Detran e Procuradoria-Geral do Estado.


Segundo as investigações da Operação Termópilas, o deputado é um homem perigoso. “Atualmente Deputado Estadual e Proprietário de Fato das empresas "ROMAR", "REFLEXO", "J.W.", "W.V. EDITORA" e "WINDSOR LTDA". Trata-se do líder e chefe da Organização Criminosa. Explora com muito rigor e eficiência todo seu prestígio político, bem como exerce irregularmente o Poder emanado do Cargo de Presidente da Assembleia Legislativa deste Estado de Rondônia para conseguir inúmeros benefícios indevidos para sua pessoa, suas empresas e seus asseclas.”



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: