Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qua,   8/julho/2020     
cidades

Professores decidem encerrar greve na Unir

6/10/2011 08:35:15
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar
Cerca de 100 professores da Universidade Federal de Rondônia (Unir) decidiram, na tarde desta quarta-feira, encerrar a greve na instituição.

Na manhã desta quarta, homens mascarados se dizendo alunos invadiram e ocuparam a sede da Reitoria da Unir, ameaçando funcionários, professores e jornalistas. Também danificaram as instalações.

A radicalização do movimento é vista como uma manobra de um pequeno grupo de insatisfeitos que, sem votos para disputar cargos na instituição, quer derrubar o reitor José Januário para assumir o comando da Universidade.
Mais informações em instantes.

O FIM DA GREVE

Um assembleia com cerca de 100 professores – dos 336 associados à Adunir (Associação dos Docentes da Unir) – decidiu, no início da tarde desta quarta-feira, pelo fim do movimento grevista iniciado há cerca de 20 dias. A proposta pelo fim da greve foi aprovada por unanimidade e, segundo o professor Antônio Lemos Regis, da diretoria da Adunir, a maioria dos professores acredita que é possível cobrar a solução dos problemas vividos pela universidade sem a necessidade da greve.

Marcada inicialmente para acontecer no auditório do Cetene, na Avenida Jorge Teixeira próxima à confluência com a Avenida Imigrante, a assembleia dos professores da Unir teve de ser realizada em frente ao prédio, já que os dirigentes cancelaram a cedência do auditório na última hora. Isso, no entanto, não arrefeceu os ânimos dos professores que desejam o fim da greve e o prosseguimento das atividades pedagógicas sem prejuízo para a comunidade acadêmica.

A deliberação pelo fim da greve é fruto de auto-convocação de vários professores da Unir e está amparado no artigo 16 do estatuto da Adunir, que prevê, em seu inciso 5º que, no mínimo de 10 por cento dos associados podem convocar assembléia extraordinária. Na assembléia havia representantes de todos os campis do interior do estado.
A informação corrente é de que o grupo que decidiu pela greve não chega a 30 professores, o que coloca em xeque a credibilidade da paralisação.

FOTO: O Rondoniense



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias

23/11/2012 20:12:09 - SINDCONTAS ganha novo portal

Publicidade: