Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qua,   8/julho/2020     
artigos

Coluna do Taborda: As candidaturas mambembes

6/10/2011 08:24:23
Gessi Taborda
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar
CANDIDATURAS MAMBEMBES

Assisti ontem a parte do evento do PSD, o novo partido comandado em Rondônia por Moreira Mendes, realizado na parte da manhã, na Câmara Municipal para receber seu mais recente filiado em Porto Velho, o até então petista de carteirinha, o deputado José Hermínio Coelho (foto). Como tinha hora marcada com um médico não assisti o seu discurso e nem tão pouco o do deputado Moreira. Todavia sei que Hermínio não foi um filiado comum. Ontem mesmo ele passou a ser o presidente da comissão provisória do partido criado por Gilberto Kassab, devendo ser o nome que vai disputar a prefeitura de Porto Velho pelo mais novo partido brasileiro, viabilizando portanto seu sonho antigo de substituir Roberto Sobrinho com quem rompeu definitivamente as relações de vários anos, quando era intransigente militante do PT, partido pelo qual conseguiu várias vitórias eleitorais.

Com esse episódio de ontem, ampliou-se mais um pouco a relação dos postulantes ao governo municipal, relação esta que tem em sua maioria os chamados candidatos mambembes ou simplesmente figurantes de um processo de alta concorrência e de muita esperteza.

PROFISSIONALISMO


Sou amigo de Hermínio. Ao contrário das doidivanas que produziram ontem “notas” satanizando o deputado – esse pessoal é obrigado a puxar o saco do lamentável prefeito portovelhense – vejo como perda irreparável para o PT a saída do Hermínio, disposto a liderar uma legenda nova e enfrentar as urnas no próximo ano. Completamente dominado por Bob Sobrinho, o PT rondoniense está desfalcado. Não tem mais os nomes que no passado conduziram o PT às suas recentes vitórias.

Hermínio era um grande quadro e mesmo sem os pendores de compreender as mumunhas desse jogo, supera qualquer nome que restou ao PT em termos de popularidade e carisma.

Falta-lhe, é claro, o lustro do profissionalismo. Hermínio ainda raciocina e decide muito na base do improviso e do sentimentalismo.

Afinal, quem sonha em ser prefeito de um município como Porto Velho não pode ter como interlocutor e executor político uma figura como a de Kruger Darwich, rejeitado pelo eleitorado e transformado num produto final com rótulo vencido em duas acachapantes derrotas, política e empresarial.

Porém (e sempre tem um porém), Hermínio terá agora a orientação segura e profissional de um Moreira Mendes, conhecedor como poucos do intrincado tabuleiro das grandes disputas e também do perigo sempre existente das traições inomináveis nesse ringue. Moreira começou seu aprendizado político nos tempos do Teixeirão. Quando tomou gosto pela vida pública (como Senador) mostrou que sabe mexer o doce. Nem por isso escapou das maldades perpetradas por Paulo Moraes contra seu filho.

PONTE FUNDAMENTAL


Certamente o vitorioso Moreira Mendes (interessado na consolidação do PSD) vai dizer ao Hermínio que o profissionalismo tornou-se regra básica, sinônimo de sucesso de longo prazo na vida pública. Quem faz bobeadas e perde tempo acendendo vela para defunto ruim estará sujeito a encerrar precocemente a carreira.

Está ai, por exemplo, o Guedes que não me deixa mentir. Ao contrário de ter ao seu lado gente entendida do riscado, preferiu vibrar com o puxasaquismo do Luizão. O resultado foi o fracasso de uma carreira promissora. Só um milagre poderia ressuscita-lo.

CUIDADOS ESPECIAIS


Uma outra regra fundamental tão descolada por nossos políticos é o respeito à Justiça Eleitoral. Se o Miguelzinho Sena não cometesse a besteira de dar empregos para áulicos no lugar de uma verdadeira assessoria, possivelmente teria renovado o mandato de deputado estadual e não precisaria correr agora para uma guerra onde dificilmente vencerá: a prefeitura de Guajará-Mirim.

Hermínio já teve uma grande dor de cabeça quando era vereador. Exatamente por falta de vigilância no cumprimento de uma determinação da Justiça Eleitoral quase viu seu mandato ceifado. Certamente o meu amigo deputado Hermínio é um nome com densidade eleitoral a credencia-lo numa disputa difícil como a de 2012. É preciso entretanto lembrar quem quer “conversar” com o eleitorado, ganhando cada vez mais sua credibilidade e atenção, precisa estar com a comunicação 100% correta, sem os constantes deslizes praticados pelos amadores.

OLHAI, GOVERNADOR


Pelo que consta, o governador Confúcio Moura está interessadíssimo em conquistar importantes investimentos para Rondônia. Para contribuir com ele, publico essa nota como uma sugestão. O poderoso Abdullah Bin Abdul Al-Saud, o homem mais poderoso da Arábia Saudita, desembarcará em Brasília no primeiro semestre do próximo ano. Quer investir, e muito, no Brasil. Que tal convidar o homem para conhecer as oportunidades de Rondônia.

SEMPRE SORRINDO


O vereador Cláudio Carvalho morre de rir quando alguém fala de Fátima Cleide como herdeira do PT de Eduardo Valverde. Intimamente o vereador crê que Fátima não tem a menor chance de emplacar sua “sonhada” candidatura a prefeita. Ele considera-se o ungido de Roberto e o preferido dos convencionais petista. Intransigente defensor do prefeito, Carvalho sempre mostra um sorriso quando é chamado de “prefeito” por alguém da bancada da imprensa. Bom, como dizia meu saudoso pai, dependendo da liturgia política, sorrir é melhor do que chorar.

CLIMA DE TORMENTA


Pelo que andei ouvindo de um grande economista – e não é o Silvio Persivo – as eleições do próximo ano poderão se desenvolver num clima de tormenta, para desespero dos poderosos do PT. As projeções para 2012 deverão provocar urticárias nos candidatos governistas. Se a crise na economia continuar, o desemprego irá aumentar, como também as promessas pela geração dos 20 milhões de empregos. O que se espera é uma legião de desempregados.

GRUPOS RESISTENTES


Três grupos de eleitores que não votam na ex-senadora Fátima Cleide, por suas manifestações apaixonadas em favor das bandeiras do homossexualismo: a evangélica, os conservadores católicos, os ruralistas. Precisa mais???

HOJE


É logo mais, às 8 horas, a solenidade de formatura do Curso de Habilitação de Oficiais Administrativos da Polícia Militar do Estado de Rondônia, no pátio de formaturas no Quartel do Comando Geral da PMRO, na avenida Tiradentes, 3360, Bairro Embratel, na capital. O ato será presidido pelo governador Confúcio Moura. O comando será exercido pelo Cel. Paulo César de Figueiredo. A solenidade é aberta ao público.



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: