Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  seg,   18/novembro/2019     
cidades

Interculturalidade e formação docente é tema do IV Seminário de Educação na UNIR/Vilhena

25/8/2011 19:51:11
Por Modesto Júnior / Assessoria
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 


 
O Departamento de Ciências da Educação (DACIE), da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), promove o IV Seminário de Educação a partir de quarta-feira, 31. Na programação há palestras, mesa redonda e sessão de comunicações. O tema desta edição é Interculturalidade e formação docente: desafios e possibilidades. A abertura acontece às 19h do dia 31 de agosto, seguida pela conferência Interculturalidade e formação docente: desafios do currículo, proferida pela professora doutora Ormezinda Maria Ribeiro-Aya, da Universidade Federal de Brasília (UnB).

O evento conta com mais de 400 participantes entre alunos da graduação, pós-graduação e professores, a maioria dos inscritos é acadêmico dos cursos de Pedagogia e Letras, mas também há inscritos de outros cursos como História, Ciências Contábeis, Comunicação Social, Geografia e Agronomia. Há 89 trabalhos aprovados para sessão de comunicações, e 36 pôsteres que serão expostos, dentre os autores dos trabalhos estão alunos da graduação, pós-graduação, mestrado e professores. As atividades que envolvem mesa redonda e conferência acontecerão no Salão da ACIV e o credenciamento e demais atividades no Campus da UNIR/Vilhena.

Segundo o professor mestre Claudemir da Silva Paula, membro da comissão organizadora, em relação às inscrições “estamos na verdade com uma procura superior a nossa capacidade de atendimento, inclusive encerramos as inscrições dia 20, porque não teríamos condições de atender a demanda”, explica.

A segunda conferência do IV SED abordará e Interculturalidade e formação docente: uma outra escola possível, proferida pelo professor doutor Cristiano Amaral G. Di Giorgi, da Universidade Estadual Paulista (UNESP).

As mesas redondas terão três eixos temáticos A questão da diversidade, no que diz respeito à raça, gênero e etnia; A formação de professores; e uma discussão sobre a questão da educação fora do contexto escolar. A primeira terá o tema Educação Indígena: saberes e interculturalidade, com a presença da professora doutora Josélia Gomes Neves (UNIR/Ji-Paraná), professor Zacarias Kapiaar Gavião e professora mestre Edinéia Isidoro (UNIR/Ji-Paraná). A segunda mesa redonda vai abordar a Interculturalidade e formação docente: desafios para a Educação Básica, com apresentação da professora doutora Ormezinda Maria Ribeiro-Aya (UnB), professor doutor Orestes Zivieri Neto (UNIR-Rolim de Moura), professor doutor Cristiano Amaral G. Di Giorgi (UNESP) e professora mestre Bianca Santos Chisté (UNIR/Vilhena).

A terceira mesa redonda, no dia 2 de setembro, terá como tema Interfaces da Educação Camponesa: questões atuais, com a presença da professora doutora Marilsa Miranda de Soyza (UNIR-Rolim de Moura), professora Sandra Correia (Movimento Camponês) e a professora mestre Flávia Pansini (UNIR/Rolim de Moura). Na última rodada de debates o professor mestre Paulo Dutra (UNIR-Ji-Paraná), professora Ana Maria Ramos (Movimento Negro e de Mulheres Negras), professoras Anair Aparecida Novaes e Elisabeth Fernandes Novaes (Prefeitura Municipal de São Paulo) e professor mestre Fábio Santos de Andrade (UNIR/Vilhena) abordarão o tema Reflexões sobre a presença do negro na Amazônia.

Confira a programação completa no endereço http://sedvilhena.eventize.com.br/index.php?pagina=3.



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: