Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  ter,   17/setembro/2019     
cidades

Vacinação contra a gripe Influenza quer imunizar 37 mil pessoas em Porto Velho

29/4/2011 19:55:22
Por Assessoria
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar
A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe Influenza em Porto Velho tem neste sábado, dia 30, o seu “dia D”. Numa força tarefa organizada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), as doses estarão disponíveis em 67 endereços diferentes em toda a cidade. Além das 27 unidades de saúde do município, onde a vacina vem sendo disponibilizada desde o dia 25, também foram instalados postos fixos em escolas, igrejas, supermercados e associações.

Preocupada em imunizar o grupo considerado de maior risco de contaminação por vulnerabilidade ao vírus H1N1 da gripe, a Semusa oferece de forma gratuita as vacinas para crianças de seis meses a dois anos, gestantes e idosos com mais de 60 anos. A todo, estão disponíveis 46 mil doses, fornecidas pelo Ministério da Saúde. A Meta em Porto Velho, segundo o secretário municipal adjunto da saúde, Luis Eduardo Maiorquin, é atingir cerca de 80% desse público-alvo, ou seja, 37 mil pessoas.

Na sexta feira, dia 29, Maiorquin participou da solenidade de abertura oficial da Campanha de Vacinação, no Centro de Convivência dos Idosos Recanto do Vovô e da Vovó, na rua Guaporé. Dezenas de pessoas compareceram ao local para aplicar a imunização, que é feita no braço, e não dói. A coordenadora da Divisão de Imunização da Semusa, enfermeira Luzanira da Costa, acompanhou a ação, prestando orientações aos idosos. “Após a aplicação, não se deve massagear o local, e quem recebeu a vacina no ano passado, deve voltar para aplicar de novo”, lembrou.

Foi o caso da aposentada Joana Rodrigues, 73 anos, que compareceu à vacinação pela terceira vez. “No ano passado eu estava em São Paulo quando apliquei”, contou. Justino Rodrigues, de 87 anos, também foi se vacinar. “Todo ano eu vou, não importa onde eu estiver, é muito importante”, disse. A campanha de vacinação segue até o dia 13 de maio. Após o dia D desde sábado, as doses estarão disponíveis apenas nas 27 unidades de saúde do município.



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: