Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   18/setembro/2020     
cidades

Banda do Vai Quem Quer arrasta milhares na ruas do centro de Porto Velho no primeiro ano sem Manelão

5/3/2011 22:33:36
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar
Era pouco depois das 17h30 quando o caminhão do trio elétrico da Banda do Vai Quem Quer puxou o ritmo da folia do mais tradicional e querido bloco de rua de Rondônia na Avenida Carlos Gomes, centro de Porto Velho, próximo a praça das Caixas D'Água.

A tradicional saída do saudoso General Manelão, que percorria o trecho da Chaveiro Gold até o ponto de saída da Banda, cercado pelos asseclas parceiros, amigos, jornalistas e fotógrafos (que registravam esse momento de garbo) trouxe saudade aqueles que testemunharam ao longo dos anos.

Além do marco da banda sair pela primeira vez sem Manelão (falecido na última segunda-feira, 28, aos 61 anos) é o início de outro comando, agora sob a coordenação da herdeira e filha, Sicília Andrade. A tradicional passagem da chave da cidade ao Rei Momo e sua Corte, integra o cerimonial momesco que antecede a saída da banda.

Sob a batuta do maestro Arquibal Sodré, a marchinha desse ano tem como tema "A Banda Solta o Som no País do Salto Alto e do Batom", uma homenagem as mulheres. A partir da puxada do ritmo, milhares de foliões saíram pulando sem parar. Dos brincantes que esgotaram as camisetas, até o povo que sai na pipoca. Mesmo uma hora depois da banda já ter iniciado o desfile pelo trajeto tradicional, tinha muitos foliões chegando de vários pontos da cidade.

Dois banners gigantes colocados estrategicamentes no caminhão do trio elétrico com a foto de Manelão e a palavra Saudade pontuaram a homenagem sempre presente, seja nas marchinhas da BVQQ ou nos gritos constantes do foliões: "Valeu Manelão!", "Manelão, Saudade de você!". Foi uma festa

Até onde a reportagem acompanhou não houve registros de brigas ou confusão. Esse ano 1000 homens - entre policiais militares e civis - cuidaram da segurança. Policiais do COE (Comando de Operações Especiais) da PM fizeram parte da segurança acompanhando nas viaturas as ruas adjacentes do trajeto do desfile.

Alegria, muitas fantasias, homens vestido de mulheres, bebida à vontade e com segurança mantendo a linha de conduta dos foliões.

Foi conferido uma super-lotação de veículos em torno de todo o perímetro do trajeto da Banda, além do absurdo de frentistas utilizando acostamentos como espaço de estacionamento e cobrando R$ 5,00 (cinco reais) por veículo.

FONTE: RONDONIAOVIVO.COM



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias

23/11/2012 20:12:09 - SINDCONTAS ganha novo portal

Publicidade: