Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  dom,   27/setembro/2020     
reportagem

ONG Raiz Nativa e Prefeitura acusadas de dar calote em pequenos agricultores

25/2/2011 16:34:37
Por Assessoria
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 


 
A Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Porto Velho e Organização Não Governamental Raiz Nativa estão sendo acusadas de causarem prejuízos a pequenos agricultores do município. Os atingidos por esses prejuízos são os pequenos agricultores do Distrito de Cujubim Grande, na Linha da Amizade.

Segundo a denúncia, a secretaria municipal do meio Ambiente assinou convênio com a ONG Raiz Nativa para que esta contratasse associações de produtores rurais para fazerem um grande viveiro de mudas, com espécies nativas e arvores frutíferas com o objetivo de realizar projetos de reflorestamentos em matas ciliares, pequenas propriedades entre outros.

A ONG Raiz Nativa contratou cinco associações de produtores para fazer o plantio das mudas, com a promessa de realizar o pagamento mensal às associações. Porém, há aproximadamente três meses não é feito o repasse do dinheiro para as associações, trazendo assim enormes prejuízos aos associados. As famílias fizeram um trabalho, mas não receberam os valores combinado.

Diversas famílias passam por serias dificuldades, pois colocaram todos os seus esforços no projeto e não conseguem agora cumprir com seus compromissos.

Segundo o presidente da associação da linha da amizade – ASPRULAM -, Antonio Moura , “A situação agrava-se a cada dia e é preciso uma imediata ação da Secretaria do Meio Ambiente e da Prefeitura Municipal para resolver esses graves problemas”.
Segundo Moura, “o secretário de meio ambiente já foi procurado por diversas vezes mas nunca tem uma resposta definitiva.

É necessária que a ONG Raiz Nativa realize com urgência os repasses para as associações para que assim os produtores possam desenvolver com dignidade suas atividades cotidianas, finalizou Moura.



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: