Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  dom,   23/fevereiro/2020     
cidades

Após derrota do PT, governo federal cancela licitação da ponte sobre o Rio Madeira

17/10/2010 05:28:25
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Bastou o candidato do PT ao governo do estado sofrer uma “lavada” que o governo Lula interrompeu os mimos para Rondônia. 


 
Sem nenhuma explicação o Governo Federal publicou no Diário Oficial da União a anulação da licitação das obras sobre a ponte do rio Madeira. A publicação foi saiu no dia 5 de outubro, dois dias após as eleições.

A nota publicada não apresenta qualquer tipo de esclarecimento sobre os motivos do cancelamento das obras. Também não há informações se o projeto será retomado.

A ponte sobre o rio Madeira é um sonho antigo de muitos acreanos, rondonienses e caminhoneiros que enfrentam dificuldades no translado entre os dois Estados.
Este ano, durante a forte estiagem a espera para a travessia do rio Madeira, no trecho localizado no distrito do Abunã, chegou a durar mais de 24 horas. O rio estava com nível muito baixo e vários bancos de areia ao longo da travessia impediam o tráfego na balsa.

Para tentar agilizar o trajeto, os empresários proprietários das balsas colocaram dragas dentro do rio para retirar areia. Também foi construída outra rampa de acesso às balsas. Para evitar acidentes, a Capitania dos Portos recomendou que passageiros fizessem a travessia em barcos quando as balsas estivessem transportando cargas inflamáveis.

A seca fez com que filas de veículos fossem formadas ao longo da BR, dos dois lados do rio. Alguns caminhoneiros tiveram prejuízos porque transportavam produtos perecíveis. Veja abaixo a anulação publicada no Diário da União.

O cancelamento da licitação da obra coincidiu com o resultado vexatório obtido pela candidatura petista ao governo do estado, encabeçada pelo deputado Eduardo Valverde. O petista terminou em 4º colocado, ficando atrás até de Expedito Júnior.

(Nayanne S., com adaptações)



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: