Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sáb,   18/setembro/2021     
política

Bloqueio de bens não impediu campanha milionária

2/10/2010 17:05:05
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar
Certamente o bloqueio dos bens do ex-presidente da Assembléia, Carlão de Oliveira, pela Justiça não modificou em nada o poderia econômico deste ex-deputado preso na operação Dominó, da Polícia Federal e com condenações do Judiciário que já ultrapassam os 60 anos de prisão.

Carlão montou esquema para voltar à vida pública nesse ano. No princípio a idéia era colocar o filho Jean Oliveira para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados enquanto ele, Carlão, disputaria uma cadeira na Assembléia Legislativa.

Barrado pela aplicação da Lei Ficha Limpa, o esquema foi modificado. O filho Jean deixou de lado a candidatura de federal e partiu para a disputa de deputado estadual. Carlão, o pai, simplesmente desistiu de concorrer.

E foi a partir daí que a campanha de Jean tomou musculatura, repetindo a mesma aparência milionária daquela que fez para se eleger vereador.

A visibiliade foi tanta que todo mundo começou a se perguntar: de onde vem tanto dinheiro para a campanha desse mocinho, já que os bens da família estão, como garante a Justiça, bloqueados?

Ou esse bloqueio não passa de "H" ou alguém descobriu uma maneira de torná-lo sem efeito. Dessa maneira, certamente o Judiciário deverá investigar se a dinheirama toda não veio de um laranjal por onde andou escondido muito da grana que supostamente foi desviada e motivou a "Operação Dominó" que colocou figuraças da vida pública rondoniense na cadeia.



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: