Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  ter,   17/setembro/2019     
cidades

Comerciantes de shopping popular de Porto Velho serão capacitado

21/8/2010 13:59:03
Por William Jorge
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



As ações serão desenvolvidas em parceria da prefeitura com o Sebrae para atrair consumidor com produtos e serviços de qualidade. 


 
Nos próximos três anos, a contar de agora, o Sebrae em Rondônia em parceria com a prefeitura de Porto Velho desenvolverão ações de capacitação em gestão de negócios, consultorias para organização das lojas junto aos comerciantes que atuam no Shopping Popular Rio Madeira, no centro histórico da cidade. Convênio nesse sentido foi assinado na manhã desta sexta-feira (20) pelo prefeito Roberto Eduardo Sobrinho, e Pedro Teixeira Chaves, superintendente do Sebrae.

O ato é um marco do Projeto de Desenvolvimento Econômico Social e Urbano de Porto Velho, que prevê a revitalização do comércio popular. Os trabalhos começam na próxima segunda-feira (23).

Pelo convênio, além de investir no crescimento profissional dos lojistas que atuam no local, haverá investimentos também no plano físico do shopping, com a instalação de postos de correios, caixas eletrônicos de bancos, rota fixa de transporte coletivo.


De acordo com o prefeito Sobrinho, a proposta é transformar o logradouro ocupado por vendedores ambulantes que antes atuavam em local fixo no centro comercial de Porto Velho, num referencial de negócios que atraia consumidores e turistas. Também estão incluídos nos planos investimentos para que os comerciantes tornem-se empreendedores individuais.

O Shopping Popular Rio Madeira é um elemento de um conjunto arquitetônico e histórico da cidade, que tem como carro chefe o parque da estrada de ferro Madeira-Mamoré, abrangendo museu, trem para viagens turísticas, mercado do pescado, mercado do agricultor, restaurante popular (500 refeições ao dia), centro de informática etc.

Atualmente 180 das 284 lojas disponíveis no shopping estão em funcionamento regular, de acordo com o administrador Carlos Alberto Vieira da Silva. Para ele, a proposta conjunta de investimento na estrutura física e também na capacitação dos comerciantes é importante e coisa que não foi feito antes.

Ainda em fase de execução, o projeto se sedimentará com o aumento do número de clientes; aumento da renda dos lojistas em 13%, com o fluxo de pessoas atendidas chegando a 30%. Ao final do projeto, em 2012, espera-se ter 20 por cento dos empreendimentos do shopping formalizados.

De acordo com a proposta, as ações do Sebrae se darão com capacitação nas áreas de gestão, associativismo, cultura da cooperação, capacitação e consultorias, missões técnicas, marketing, turismo e gastronomia. “Vamos investir em gestão, capacitação e consultoria, planejamento de negócio, implantando um desenvolvimento sustentável”, disse Pedro Teixeira Chaves.

O secretário de Desenvolvimento Socioeconômico e Turismo José Carlos Monteiro Gadelha afirmou que a ação com o Sebrae “chegará próximo a R$ 300 mil, dentro da cifra de R$ 1 milhão de investimentos no complexo. E vamos começar por aqui pelo shopping”.

O prefeito Roberto Sobrinho, que se fez acompanhar do colega de Suzano (SP), Marcelo Cândido, disse: “vamos transformar este shopping num espaço aprazível para fazer compras, com serviços bancários, de correios, restaurante e transporte para atrair consumidores e turistas, mas nossa preocupação inclui a capacitação em gestão dos empreendedores que atuam aqui”.



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias

23/11/2012 20:12:09 - SINDCONTAS ganha novo portal

Publicidade: