Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  seg,   19/outubro/2020     
cidades

Resposta da prefeitura para o caos no trânsito: mais semáforos, agora "computadorizados"

12/7/2010 05:38:10
Por Assessoria / PMPV
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Porto Velho terá sistema semafórico monitorado por computador. 


 
Em breve a capital de Rondônia contará com um moderno sistema semafórico com sinais de trânsito monitorado via computador e lâmpadas especiais de longa duração e anti-reflexo. O investimento que deve chegar a R$ 1,5 milhão virá das compensações pagas ao município pelo consórcio Energia Sustentável do Brasil, com forma de suavizar os impactos sociais e ambientais provocados pela construção da usina hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira, em Porto Velho.

A secretária de transporte e trânsito da capital, Fernanda Moreira, disse que o monitoramento remoto será feito por meio de uma central de operação que será responsável vigilância 24 horas do sistema. "Nesse primeiro momento, pretendemos implantar esse novo sistema em pelo menos 42% dos cruzamentos sinalizados", revelou a secretária. Atualmente, existem 80 esquinas sinalizadas com semáforos em Porto Velho. A meta inicial e instalar os sistema computadorizado em 34 deles.

CHIP

Com a transição para o novo sistema, a secretária de Transporte e Trânsito adiantou o objetivo do prefeito Roberto Sobrinho é minimizar as falhas semafóricas no sistema viário municipal, uma vez que ele permite uma resposta mais rápida aos problemas que ocorrem. Isso só é possível porque o sinal funciona com um chip implantado, semelhante aos usados pelos telefones celulares. "Esse chip passará as informações para uma mesa computadorizada que será instalada na central de operações. Então, qualquer problema que ocorra no semáforo, seja por falha técnica ou aqueles provocados por acidentes, imediatamente será detectado pelos operadores. Eles então acionarão uma equipe para corrigir a falha ganhando-se tempo", explicou.

Através do sistema computadorizado, a equipe da central de operação da Semtran terá também como alterar o tempo do semáforo, toda vez que houver necessidade, aumentando ou diminuindo o tempo de espera do motorista no sinal, evitando congestionamentos em horários de pico.

Lâmpadas

Por meio da parceria com o consócio Energia Sustentável do Brasil, a Prefeitura de Porto Velho fará a troca de 100% das lâmpadas utilizadas nos semáforos atuais. As lâmpadas convencionais serão trocadas por lâmpadas de LED que são anti-reflexo, facilitando a visualização do sinal. "Dependo da posição do Sol, muita das vezes não dá para quem está dentro do carro visualizar o sinal o sinal por causa do reflexo provocado pelo Sol. A troca das lâmpadas corrigirá esse problema dando mais segurança para quem estiver dirigindo", disse.

A substituição das lâmpadas incandescentes pela de LED, frisou a secretária, garante economia na operação dos equipamentos por ter vida útil de cerca de 100 mil horas, e também no consumo de energia, 80% menor que o das lâmpadas comuns. Outro benefício está relacionado à segurança. Nos semáforos a LED, cada foco é formado por um conjunto de micro-lâmpadas. Por isso, mesmo no caso de pane em uma das lâmpadas, a informação luminosa do equipamento é preservada. LED são as iniciais das palavras inglesas light emission diode, cujo significado é diodo emissor de luz. Neste tipo de lâmpada, a energia elétrica transforma-se em luz sem a necessidade de aquecimento, tornando-se mais eficiente que uma lâmpada incandescente. A circulação de corrente elétrica numa lâmpada LED é reduzida, proporcionando uma durabilidade maior em relação às lâmpadas comuns.



Comentários (2)
Vai enteder!

Não entendo como um semáforo pode servir "como forma de suavizar os impactos sociais e ambientais provocados pela construção da usina hidrelétrica de Jirau". Realmente, a idéia dos semáforos é de grande valia, visto que a carência de sinalização no trânsito de Porto Velho é "Dantesca". Mas essa desculpa de Compensação Ambiental não cola! E quanto a essa mesma Compensação até teria mais lógica colocar algumas lixeiras nas ruas da capital, que é uma falta vergonhosa para a administração da cidade.

Ildejaime Vasconcelos - Porto Velho/ RO.
Enviado em: 19/7/2010 21:31:04  [IP: 201.11.159.***]
Responda a este comentário
Amor aos Semáforos

Interessante este amor louco, q a Secretaria de transito tem pelos semáforos, mais gastos, mais verbas e ninguem respeita. Há locais q um simples lombada resolveira pois o motoriste é obrigado a reduzir a velocidade, semáforo verde e amarelo, para alguns significa livre transito com direito a acidente!!!

Marisa Aparecida gonçalves Dias - Porto Velho/ RO.
Enviado em: 18/7/2010 17:02:38  [IP: 187.6.235.***]
Responda a este comentário

Mais Notícias

23/11/2012 20:12:09 - SINDCONTAS ganha novo portal

Publicidade: