Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  dom,   17/outubro/2021     
política

Superintende do Trabalho trocará móveis da repartição para “atender melhor”

9/2/2010 00:49:05
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



O advogado Ruy Mota, do PDT, mandou avisar que os móveis terão um desenho moderno. 


 

Se alguém tinha dúvidas sobre o interesse do superintende do Trabalho e Emprego no estado de Rondônia em atender melhor o público, certamente deverá ficar satisfeito com a providência tomada e anunciada pelo advogado Ruy Mota, através de sua assessoria de imprensa.

Em nota distribuída à mídia, Ruy garantiu nessa sexta-feira (5) que na próxima semana irá trocar todo o mobiliário da representação do Ministério do Trabalho e Emprego no estado para melhorar a condição dos servidores daquele órgão e também o atendimento ao público.

E foi o próprio Ruy, de acordo com a nota, que destacou ter pessoalmente procurado “prezar por um desenho moderno e confortável dos mobiliários para oferecer um lugar com comodidade para o público que procura a Superintendência em busca de seus serviços”.

As mudanças – em nome do conforto dos usuários – não se limitarão, como se esclareceu, à troca dos móveis. O zeloso assessor de imprensa do órgão garantiu que “o clima também será mais favorável” a todos, porque o sistema de climatização também será trocado.

Ainda de acordo com a nota informativa, as mudanças chegarão também nas agências do interior (Vilhena, Ji-Paraná, Ariquemes e Guajará-Mirim), com a troca dos móveis e equipamentos de informática.

Bem, se depender da vontade de Ruy Motta, o que vai acontecer mesmo é uma reforma geral na Superintendência do Ministério do Trabalho e Emprego rondoniense, pois, como se afirmou, ele já está com um projeto de reforma em andamento e tratativas adiantadas com a bancada federal de seu partido, o PDT, para viabilizar os recursos para a execução do tal projeto.

No final da nota, não faltou a puxação de saco natural, quando Ruy elogia o (ainda) Ministro do Trabalho, Carlos Lupy, a quem considera um homem muito sensível às peculiaridades do Estado de Rondônia.

Carlos Lupy, presidente nacional licenciado do PDT, nunca foi líder político, nem mesmo no seu estado. Talvez seja por isso que afirmou na semana passada que não pretende deixar o ministério para se candidatar nas eleições desse ano.

Lupy é ruim de voto. Nunca conseguiu vencer uma eleição, mesmo quando contou com o apoio de Brizola. Se for mantido no cargo, possivelmente Ruy ficará à frente da Superintendência do Trabalho e Emprego até o final desse ano.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: