Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sáb,   22/fevereiro/2020     
cidades

O maior perigo está nas borracharias

1/2/2010 00:54:26
Por Nara Vargas
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



É a constatação de técnicos da prefeitura da capital. 


 

Os mutirões contra a Dengue realizados em todos os bairros da capital pela prefeitura de Porto Velho através de várias secretarias estão detectando quais os bairros tem maior incidência da doença, assim como têm encontrado os maiores focos do mosquito, na maioria das vezes nos lugares mais inusitados. De acordo com os levantamentos feitos pelos técnicos que vão de casa em casa orientando e fiscalizando possíveis focos, o maior número de criadouros do mosquito ainda é encontrado nas borracharias, em pneus velhos.

Para conscientizar os proprietários destes estabelecimentos e tentar eliminar os criadouros do mosquito da Dengue, a prefeitura de Porto Velho, através da secretaria municipal de Meio Ambiente (Sema), vai realizar nos próximos dias, uma grande coleta de pneus usados na capital. A Sema foi a responsável pelo plantio de cinco mil mudas em apenas cinco minutos, com a execução do projeto Porto Velho Mais Verde no final do ano passado.

De acordo com o secretário da Sema, Agnaldo Ferreira, o recolhimento de pneus velhos na capital tem o objetivo de diminuir a proliferação do mosquito da dengue. “Igualmente ao trabalho do plantio, é necessário que todos se envolvam nessa luta, como as demais secretarias municipais, os empresários e a comunidade para que se crie uma estrutura em Porto Velho, capaz de coletar e destinar pneus inservíveis, eliminando assim ambientes que servem de depósito para os mosquitos”, ressalta o secretário Agnaldo, informando que em breve o projeto será lançado e executado oficialmente, sob a coordenação do Departamento de Educação Ambiental da Sema.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: