Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   4/dezembro/2020     
cidades

IDARON intensifica ações de prevenção do Mal da Vaca Louca em Ariquemes

24/1/2010 15:05:08
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Prevenir a aparecimento do "Mal da Vaca Louca" no rebanho de Ariquemes, a cerca de 300km da capital, é a principal preocupação do Idaron hoje.  


 
 
 

A Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril de Rondônia (IDARON) em Ariquemes, está intensificando ações junto a criadores da região do grande Vale do Jamari para a prevenção do “Mal da vaca Louca”. A IDARON está colocando em prática a Instrução Normativa número 41, de 08 de outubro de 2009, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que aborda sobre os procedimentos a serem adotados na fiscalização de alimentos para ruminantes (bois, vacas, búfalos, ovelhas, cabritos e carneiros) em propriedades rurais.

No Brasil é proibida a produção, comercialização e utilização de produtos destinados à alimentação de ruminantes que contenham na composição, proteínas e gorduras de origem animal. Desde outubro último é dado um novo destino aos bichos que ingerirem alimentos proibidos. A principal determinação destaca que aqueles que tiverem acesso à alimentação composta por produtos e subprodutos de origem animal serão abatidos em até 30 dias após a constatação da irregularidade, ou ao término desse prazo, serão abatidos na propriedade.

De acordo com Murilo Brenow, veterinário e fiscal de defesa em Ariquemes, o órgão regularmente faz a fiscalização de determinados alimentos fornecidos aos bovinos, bubalinos, ovinos e caprinos do Estado. “O objetivo dessa fiscalização é recolher amostras nas propriedades para análise laboratorial. Se for constatado o uso dessa alimentação irregular, os animais serão identificados e o local interditado até que saia o resultado final” disse Murilo Brenow.

FONTE: Assessoria




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: