Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  seg,   25/maio/2020     
cidades

DENGUE: Governador reconhece a calamidade ecritica a omissão do prefeito

23/12/2009 19:08:00
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Para o governador Ivo Cassol o prefeito de Porto Velho não está atuando no combate ao mosquito. 



Clique para ampliar

Os números de casos de dengue registrados no estado de Rondônia, conforme admitiu o próprio governador numa entrevista à televisão, são simplesmente alarmantes. O estado já registrou mais de 15 mil casos e a morte de pelo menos três pessoas infectadas pelo mosquito.

Estes dados, de acordo com o governador, deve estimular “a união de todos os moradores de Rondônia” no combate sem trégua ao mosquito da dengue, não permitindo locais com água parada, onde as larvas se desenvolvem.

Depois de garantir que o governo está fazendo tudo o que pode para conscientizar as famílias sobre o cuidado redobrado no combate à proliferação dos mosquitos, Ivo Cassol afirmou que está pedindo até mesmo a participação do Ministério Público Federal e do Ministério Público Estadual, principalmente garantindo o acesso dos agentes sanitários a imóveis abandonados e terrenos propícios ao desenvolvimento da larva do mosquito da dengue.

IRRESPONSABILIDADE

O governador lamentou a irresponsabilidade do prefeito da capital, Roberto Sobrinho, que “não está combatendo o mosquito transmissor da doença. O governador fez um apelo ao Secretário Municipal da Saúde, que é do PMDB, para que intensique ações de combate ao vetor da dengue.

Cassol lembrou que o prefeito da capital têm à sua disposição recursos oriundos do programa de compensação das usinas hidrelétricas do Madeira para serem aplicados na saúde, mas isso não está acontecendo. E como não vê nenhuma ação do prefeito Roberto Sobrinho nesse sentido, o governador Ivo Cassol fez-lhe a seguinte pergunta: “Onde está indo o dinheiro dado pelas usinas hidrelétricas?”.

MAGIRUS

Ao falar dos investimentos feitos no setor de segurança pública, o governador Ivo Cassol anunciou mais uma importante aquisição de equipamentos para “dar mais condições de trabalho ao Corpo de Bombeiros”. Entre esses equipamentos está a aquisição da escada Magirus, que custará 600 mil reais aos cofres do governo”.

Esta escada é fundamental para que “na eventualidade de um sinistro em um prédio muito alto” os bombeiros possam atuar salvando vidas e combatendo incêndios.




Comentários (1)
Quem Somos nos pra Julgar?

Quem Somos nos pra Julgar? <br> Erradas ou nao continua sendo motivo de sofrimento pára duas familias e a perda de duas jovens promissoras

Edu - Cacoal/ RO.
Enviado em: 24/12/2009 14:44:29  [IP: 187.4.118.***]
Responda a este comentário

Mais Notícias

23/11/2012 20:12:09 - SINDCONTAS ganha novo portal

Publicidade: