Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   3/julho/2020     
cidades

Celebridades confirmam presença na entrega do Prêmio Saúde a ser outorgado dia 24

23/11/2009 17:45:22
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 


 

Júlia Lemmertz será a mestre de cerimônia da 4ª edição do Prêmio SAUDE! que acontece amanhã, 24 de novembro, e será realizada no auditório Simón Bolívar no Memorial da América Latina, em São Paulo. O objetivo do prêmio é reconhecer as principais pesquisas clínicas, campanhas de prevenção, estudos e iniciativas de diversas instituições do País que possam contribuir para um Brasil mais saudável e com uma significativa melhora na qualidade de vida da população.

Além da atriz, celebridades da área médica estarão presentes na premiação como os cardiologistas Roberto Kalil e Otávio Gebara, o endocrinologista Alfred Halpern (autor da Dieta dos Pontos), Paulo Chap Chap, hepatologista, e Sérgio Petrilli, fundador do GRAACC, entre outras personalidades. A cantora Paula Morelenbaum fará o show de encerramento de mais uma edição do Prêmio que, a cada ano, vem se consolidando como um dos mais importantes e concorridos do País.

“Na ocasião serão anunciados os trabalhos vencedores em cada uma das sete categorias. Mas vence, antes de tudo, o setor da saúde que, graças a esse prêmio, consegue mostrar projetos relevantes para um Brasil mais saudável”, comenta Lúcia Helena de Oliveira, diretora de redação da revista SAÚDE! e coordenadora do Prêmio. Neste ano 450 trabalhos foram selecionados por 60 jurados. No final, os 21 trabalhos finalistas são assinados por 204 pesquisadores.

A maioria das inscrições vem de universidades, responsáveis por 46% delas; seguidas dos hospitais públicos (23%) e clínicas particulares (13%). Cientistas de todas as regiões brasileiras se envolveram na iniciativa: 61% das participações foram da região Sudeste, 19% da Região Sul, 13% do Nordeste, 4% da Centro-Oeste e 3% da região Norte.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: