Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sáb,   22/fevereiro/2020     
cidades

Governo vai distribuir 15 mil mudas de bananeiras em regiões ribeirinhas

18/11/2009 23:59:07
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



O primeiro lote de 11 mil mudas, desenvolvidas pela Embrapa, já estão prontas para serem distribuidas a pequenos agricultores do Baixo Madeira. 


 

As mudas de bananeiras, adquirdas em Manaus e na Bahia, foram desenvolvidas pela Embrapa para serem resistentes a doenças como a Sigatoka Negra e o Mal-do-Panamá. A informação é de que o Idaron, instituto do governo rondoniense, adquiriu as melhores variedades para o tipo de solo de Rondônia.

De acordo com o presidente do órgão, Augustinho Pastore, as plantas serão distribuídas na região do baixo Madeira e no distrito de Surpresa, no Vale do Guaporé.  “O nosso objetivo é introduzir mudas resistentes a estas doenças em todo o estado. Neste momento, serão distribuídas 300 mudas por localidade, atendendo de 10 a 15 propriedades, em média. O único compromisso assumido pelos agricultores é repassar as novas plantas para outros produtores nos próximos anos”, disse ele.

Em Rondônia, a bananeira é uma das árvores frutíferas de maior importância para a economia. Mas, nos últimos 15 anos, a área de plantio vem diminuindo drasticamente. Em 1995, a área cultivada no estado era de 30.354 hectares. Contudo, a partir de 1998, houve uma queda no plantio, reduzindo-se ao longo de 11 anos. Atualmente, a área plantada é de apenas 5.845 hectares. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e coincidem com a constatação da Sigatoka Negra no estado.

Para o gerente de Inspeção e Defesa Sanitária Vegetal (GIDSV), Augusto Fernandes, as mudas adquiridas pela Idaron serão de grande importância para reforçar o cultivo da banana em Rondônia. “Como estes exemplares serão resistentes às principais doenças da bananeira, a chance do plantio de banana voltar aos patamares de 14 anos atrás são grandes. Esperamos contar com o apoio dos produtores neste novo desafio que a Idaron está propondo a todos”, afirmou ele.

Já Augustinho Pastore aponta que em breve, as mudas serão repassadas aos produtores rurais. “Assim que chegar a outra carga de mudas da Bahia, vamos marcar uma grande festa para repassar os exemplares para os agricultores rondonienses, e assim, voltar aos bons tempos da produção da banana no nosso estado”, finalizou o presidente.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias

23/11/2012 20:12:09 - SINDCONTAS ganha novo portal

Publicidade: