Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  seg,   16/setembro/2019     
cidades

Sesi e Senai formam técnicos em curso profissionalizante de informática

18/11/2009 01:18:36
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



O Senai pretende dobrar o número de matriculados em seus cursos no Estado de Rondônia em 2010. 


 

Os 20 alunos que concluíram o curso de Educação Básica e Profissional (EBEP) do SESI/SENAI receberam os diplomas, durante a solenidade de formatura realizada no município de Vilhena. O curso integra o projeto piloto, fruto de uma parceria do SESI, através do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA), e do SENAI com o papel da formação profissional.

A formatura contou com a presença do vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (FIERO), José Marcondes Cerrutti  - que, na ocasião, representou o presidente da FIERO, Denis Roberto Baú, do diretor do SENAI/RO, Vivaldo Matos Filho, da representante da Secretaria de Estado da Educação (SEDUC) em Vilhena,Vera e dos diretores das unidades do SESI e SENAI, Gilvane Faris e Ari Dupont, respectivamente, além dos professores e familiares dos alunos.

Cerrutti abriu a solenidade ao parabenizar os formandos pelo empenho, dedicação ao concluírem o curso e enfatizou a seriedade do trabalho executado em conjunto pelas Casas SESI/SENAI. O vice-presidente alertou aos alunos para que aproveitem – da melhor maneira – os conhecimentos adquiridos para o crescimento profissional e a permanência no mercado de trabalho tão competitivo.

Já o diretor do SENAI/RO analisou positivamente o fechamento das ações executadas pelas unidades existentes no Estado neste ano e adiantou que a previsão é dobrar o número de matrículas para 2010, bem como, ampliar a atuação do SENAI junto às empresas parceiras, com relação à adequação da oferta de mão de obra. Da mesma forma, Vivaldo Matos Filho cumprimentou os formandos, a equipe de professores, os diretores das unidades e frisou que Vilhena – em seu entorno - é considerado um município pólo, prestador de serviços e com forte representação das indústrias dotadas de alta tecnologia, o que torna o mercado local ainda mais exigente para a qualificação da mão de obra.

A oportunidade única dos alunos foi também citada pela coordenadora de Educação do SESI/RO, Zaira Zaavedra, por considerar que se trata de um projeto piloto que contempla a educação básica e a educação profissional. Zaira foi enfática ao mencionar o privilégio dos alunos em terem disponível o curso em um país ainda com alto índice de analfabetização.

Para as alunas Verônica Taborda e Elizet Raiski, o curso dispensou um nível elevado de conhecimentos durante as aulas, razão que motivou os alunos a continuarem e aproveitarem o máximo as técnicas transmitidas pelos professores. “O curso foi muito proveitoso e com o certificado temos condições de entrar para o mercado de trabalho com mais facilidade, porque fomos preparados por instituições que têm credibilidade e professores altamente capacitados", complementou Verônica.

Na análise do professor do SENAI – Vilhena, Leandro Barbosa Lima, além da formação profissional, o EBEP apresenta a preocupação com social, na medida em que prepara o ser humano para os desafios da vida. Lima disse que os alunos colocaram em prática muitas experiências para o aprendizado e considerou as avaliações por competência.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: