Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  seg,   16/setembro/2019     
política

Governador do PMDB afirma que cancer de mama em homem é coisa de gay

2/11/2009 16:34:11
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



A declara√ß√£o foi feita pelo governador Roberto Requi√£o, em programa da TV Educativa do Paran√°. 


 

O governador do Paraná, Roberto Requião (PMDB), relacionou a ocorrência do câncer de mama em homens à opção sexual. Para o governador, o câncer na mama dos homens "deve ser consequência dessas passeatas gay". A declaração foi feita durante o programa "Escola de Governo", veiculado pela TV Educativa na manhã desta terça-feira.

— A ação do governo não é só em defesa do interesse público, é em defesa da saúde da mulher também. Embora hoje câncer de mama seja uma doença masculina também, né? Deve ser consequência dessas passeatas gays – disse Requião antes de convidar o secretário de Saúde, Gilberto Martin, para anunciar investimentos do estado no controle da doença.

No programa "Escola de Governo", onde Requião não poupa críticas transmitidas ao vivo na TV Educativa do estado a seus próprios secretários, Martin subiu ao palco embaraçado e tentou consertar a declaração discriminatória de Requião já na abertura de sua fala.

— Em menor incidência, em menor número de casos, o câncer de mama também atinge o homem. O homem também tem que tomar cuidados em relação ao câncer de mama. Então, bem lembrado pelo governador essa preocupação – tentou consertar Martin.

REAÇÕES IMEDIATAS

A reação de médicos e de grupos de diversidade foi imediata. Para os oncologistas, não é o fato de ser gay o motivo para o surgimento do câncer de mama em homens, mas sim o uso indiscriminado de hormônio feminino com finalidade do aumento da região mamária.

O presidente da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transgêneros (ABGLT), Toni Reis, condenou a declaração de Requião e o acusou de desinformado.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: