Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qua,   12/agosto/2020     
reportagem

Em encontro promovido pela Fiero, empresários recebem estímulo para novos projetos

28/10/2009 16:42:43
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Entre outros pontos citados durante a apresentação do presidente da FIERO estiveram os corredores rodoviários andinos e para o Atlântico, através da saída pelo Caribe. 



Clique para ampliar

Em parceria com o Banco da Amazônia, a Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (FIERO) promoveu o Encontro de Empreendedores de negócios sustentáveis aos empresários rondonienses, na manhã desta segunda-feira, 26, no Salão de Convenções do Sistema FIERO. Compareceram ao evento autoridades políticas e empresários, entre eles representantes das empresas líderes de setor.

A abertura da reunião de negócios ficou por conta do presidente do Banco da Amazônia, Abidias José de Sousa Júnior e em seguida, o presidente da FIERO, Denis Roberto Baú prosseguiu com a programação de apresentações sobre as potencialidades econômicas e as expectativas atuais para o Estado de Rondônia.

Baú discorreu sobre a evolução da receita do Estado, a atual instalação e localização das plantas industriais e os segmentos industriais, empregos formais gerados, a balança comercial que engloba os principais produtos exportados e importados, as vantagens competitivas, o destino das exportações, a infraestrutura portuária ao destacar que a presidência do Terminal Portuário de Porto Velho está ocupada pelo vice-presidente da FIERO, Marcondes Cerrutti.

Entre outros pontos citados durante a apresentação do presidente da FIERO estiveram os corredores rodoviários andinos e para o Atlântico - novos eixos de intercâmbio comercial que representam alternativas para a saída dos produtos rondonienses - de maneira que se atinja mais mercados consumidores em potencial.

A saída para o Pacífico, segundo ele, coloca Rondônia à frente de um mercado de, aproximadamente, 140 milhões de habitantes/consumidores e configura como projeto que reduz entre 25 a 30% os custos logísticos e frete das mercadorias enviadas para a Ásia. Os potenciais de produção, de internacionalização e consumo do estado sinalizam para as oportunidades que Rondônia apresenta para expandir seus negócios e parcerias comerciais com o mundo.

Dando continuidade à pauta do encontro, Abidias José de Sousa Júnior citou que o cenário inflacionário atual é favorável aos investimentos e que o Banco da Amazônia é potencializador dos projetos para Rondônia. Ele falou aos empresários sobre a retomada do crescimento do país, as perspectivas para o Estado de Rondônia com as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a participação do Banco no crédito de fomento para a região Norte e para o estado de Rondônia, os principais projetos financiados pelo Banco no estado nas áreas de infraestrutura, indústria, agroindústria, comércio e serviço, saúde e educação.

Ainda conforme disse o presidente do Banco da Amazônia, houve um crescimento de 192% em valores contratados de operações do FNO neste ano de 2009 em relação ao ano passado.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: