Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  ter,   17/setembro/2019     
cidades

Deputado vai ao presidente do TRE para discutir plebiscito

24/9/2009 16:05:29
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Autor do requerimento aprovado pela Assembléia Legislativa sobre a consulta plebiscitária para a criação de novo município, o petebista Valter Araújo pretende sair do TRE com a data definida para a consulta dos eleitores da região de Ponta do Abunã, na divisa com o Acre. 


 

Transformar Exrema e Nova Califòrnia em novo municipio do Estado de Rondônia é uma aspiração antiga dos moradores da região conhecida como Ponta do Abunã, localizada na divisão entre os estado de Rondônia e Acre. O sentimento autonomista dos moradores da região é antigo. E decorre principalmente pelo abandono a que as duas principais vilas, Extrema e Nova Califórnia, sempre estiveram subjagadas pelas autoridades do Estado e do município de Porto Velho, a capital do Estado.

O primeiro movimento dos habitantes das duas vilas foi estimulado por autoridades acreanas, sempre interessadas em anexar aquela parte rondoniense ao seu território. E no tempo em que Jerônimo Garcia de Santana foi governador rondoniense o confronto na área contestada pelo Acre chegou a ser ocupada por milicianos da PM, como maneira de garantir “os direitos de Rondônia” naquela parte de seu mapa.

Frustrada a operação acreana (que contava com o apoio de grande parte da população de Extrema e Nova Califórnia), o espírito autonomista dos habitantes da Ponta do Abunã se manteve, dessa vez na luta para conseguir emancipação do município de Porto Velho. E o movimento ganhou força com os bloqueios promovidos na BR-364, em favor da realização do plebiscito que poderá criar o município independente, cuja a sede será numa das vilas (Nova Califórnia ou Extrema) da região.

O plebiscito está autorizado pela Assembléia, através de Decreto Legislativo, desde 19 de julho de 2007. Acontece que providências nesse sentido dependiam de autorização federal e isso só veio acontece agora, em 2009, após a revolta popular dos moradores da região que fechou a rodovia e isolou o Acre do resto do país.

O deputado Valter Araujo, do PTB, autor do requerimento que determinou o decreto legislativo 226, acha de grande importância a urgente realização da consulta popular sobre a emancipação, pois só a partir do resultado dessa consulta será possível concluir os novos passos para que a criação do nono município se efetive.

O encontro do parlamentar com o presidente do TRE, desembargador Cássio Rodolfo ficou agendado para as 15 horas do dia 24, conforme informou seu gabinete.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias

23/11/2012 20:12:09 - SINDCONTAS ganha novo portal

Publicidade: