Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   4/dezembro/2020     
cidades

Ipam: um instituto previdenciário com excelência de prestação de serviços

7/9/2009 16:14:38
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Na informação oficial distribuída à imprensa o IPAM é apresentado como uma instituição modelar, com a maior cobertura de saúde a seus afiliados. 


 

O Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Porto Velho (IPAM) tem a maior cobertura de assistência à saúde oferecida aos servidores público de todo o Estado de Rondônia. É o único também que oferece tratamento para servidores dependentes químicos, o único que oferece auxílio funeral de três salários mínimos e é o único que se preocupa com a saúde de seus inativos, dando cobertura na hora que mais precisam através do projeto “Melhor Idade” que trata a saúde preventiva, bem estar social e mental. O IPAM é  regido por leis Federais e leis complementares.

Não é na lei complementar 227/05 que o segurado vai encontrar as regras de cobertura do IPAM Assistência à Saúde, mais sim em um decreto regulamentador, que diz “Os procedimentos de assistência à saúde a serem oferecidos serão definidos em decreto regulamentador, levando em consideração a disponibilidade orçamentária e financeira do Instituto”. De 2005, quando foi separado o orçamento do Fundo de Previdência, do Fundo de Assistência, até hoje o IPAM só tem aumentado a oferta de serviços a seus segurados. Passou a contar com novos leitos hospitalares, novas clínicas, novos laboratórios, mais médicos, exames de alta complexidade, enfim, serviços que nunca haviam sido oferecidos, passaram a ser, dando maior segurança aos servidores que precisam do Instituto.

Ao mesmo tempo, foi reduzida a taxa de cobrança do elemento moderador, que fez com que o aposentado tivesse uma economia de 3% em seu repasse. Também foi eliminada a fila da cirurgia eletiva e aberta a possibilidade para o servidor que estiver em período de carência, em caso de risco de morte, possa ser internado. No geral, foram várias as conquistas dos servidores e seus dependentes. Segundo o presidente do Instituto, Beto Peixoto, o IPAM Saúde continuará oferecendo a mesma assistência de qualidade que sempre ofereceu. Ele afirma que não houve nenhum corte de serviços já oferecidos. “O decreto regulamentador apenas esclarece aos seus segurados quais são as regras do IPAM Saúde, bem como traz um melhor controle junto aos estabelecimentos de saúde credenciados e assim o servidor não ter que arcar com valores exorbitantes de uma internação sem justificativa”, esclareceu.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: