Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  seg,   9/dezembro/2019     
reportagem

Faculdade rondoniense implanta ensino à distância

19/7/2009 11:11:27
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 


 

A Faculdade São Lucas implantou o seu Programa de Ensino a Distância. Em sintonia com as novas tendências globais de mercado e de programas educacionais, a instituição desenvolve um trabalho pioneiro na educação do estado de Rondônia.

Ao implantar o programa, a FSL ousou desafiar o marasmo da educação do estado e colocar Porto Velho em sintonia com as tecnologias mais inovadoras da educação. Como a ênfase da política institucional não é somente o desenvolvimento da tecnologia, mas também o desenvolvimento humano, o Laboratório de Ensino a Distância elaborou um programa de capacitação de todo corpo docente para que lhes fosse apresentada essa nova realidade chamada de Ensino a Distância e o Programa da Instituição.

Durante este mês as coordenações se revezam com seus docentes participando de palestras, discussões e treinamento no Anfiteatro III e Laboratório de Informática III para o contato com os conceitos e práticas do Ensino a Distância, principalmente levando em conta que hoje o mercado brasileiro de Educação a Distância é um dos mais cobiçados do mundo. De acordo com o Professor José Lucas Bueno, Coordenador do Laboratório de Ensino a Distância, a Faculdade São Lucas cria seu know-how para poder mostrar o que está sendo produzido na instituição, visando conquistar novos horizontes e alunos formados com competências tecnológicas, disciplina e autonomia cognitiva. A proposta, conforme salientou o Professor Lucas Bueno, é fazer parte daqueles que lutam para transformar a face da educação em Rondônia buscando qualidade e desempenhos melhores. “O direito a uma cidadania plena e verdadeira só se concretiza pela educação, e hoje a grande proposta da educação para diminuir as fronteiras das desigualdades sociais e da falta de capacitação profissional, garantindo o direito da construção da cidadania, é a Educação a Distância”, destaca.

Segundo Lucas Bueno, a Unicef é uma das instituições que concebe a Educação a Distância como ferramenta das mais novas e modernas na luta contra a desigualdade e injustiças sociais, promovendo, incentivando e financiando políticas e projetos de implantação de programas para Educação a Distância.  “Hoje o preconceito existente em relação à Região Norte, em todos os setores, infelizmente continua sendo grande e pouco tem sido feito para alterar tal posição. Principalmente em relação à educação, que é o nosso caso, quando avaliado o nosso desempenho realmente não é dos melhores e os números da Capes apontam nossa região como a de menor desenvolvimento na área, menor número de pesquisa científica, de programas de doutorado e mestrado, além de menor quantidade de profissionais titulados para o ensino superior”, observou.  




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: