Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  ter,   17/setembro/2019     
reportagem

Mundo cão: menina de 17 anos confessa que está cansada de matar

10/7/2009 23:46:04
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



A menor foi detida após uma briga de periferia. Na polícia confessou 30 homicídios. 


 

Detida por policiais após uma briga na periferia de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, uma adolescente de 17 anos chocou os agentes ao confessar ter assassinado 30 homens a facadas. Ela disse que usava sempre a mesma arma, por não gostar de armas de fogo. "Eu não tenho coragem de pegar em um revólver, mas em uma faca eu tenho", afirmou.
Segundo o delegado Mauro Truzzi Otero, da Delegacia de Investigações Gerais de São José do Rio Preto, a adolescente descreveu 11 dos 30 homicídios com riqueza de detalhes. "Ela cita o sobrenome de uma das vítimas, o local onde cometeu o crime, o uso constante da faca, o carro e até mostrou fotos de uma pessoa que teria matado, como se a vítima estivesse desaparecida, espalhadas exatamente no local onde ela jogou o corpo", afirmou Otero.
De acordo com a polícia, a maioria dos crimes ocorreu na cidade de Aparecida do Taboado, em Mato Grosso do Sul, onde ela morava com a família. A polícia paulista já fez contato com a corporação sul-matogrossense, para checar a veracidade das informações.
Recém-chegada a São José do Rio Preto, a menor disse que assumiu os crimes por estar cansada de matar. "Não por mim, mas por minha família", teria dito a jovem.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: