Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qua,   8/julho/2020     
política

Ibama deixa de cumprir acordo assinado pelo governo federal

1/7/2009 18:48:30
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



O governador espera que o órgão deixe em paz as famílias da reserva Bom Futuro. 


 

O governador Ivo Cassol recebeu com indignação a notícia de que o Ibama não está cumprindo acordo firmado entre Governo do Estado e Governo Federal para a legalização da reserva do garimpo Bom Futuro e continua aplicando multas nas famílias que vivem no local.

A informação, que já havia sido repassada há alguns dias ao Governo Estadual, cuja notícia foi alvo de crítica por parte do governador durante seu discurso no lançamento do Mutirão Arco Verde Terra Legal, no sentido de alertar aos Ministros Carlos Minc e Dilma Russef de que o acordo de legalização assinado recentemente não estava sendo cumprido por parte do Ibama, foi confirmada pelos representantes da Associação dos Produtores Rurais do Marco Azul (ASPROMA), Elizeu Raimundo da Silva e Dilson Gomes, na manhã desta quarta-feira (01) que, acompanhados do deputado estadual Lebrão pediram apoio ao governador para a solução do problema que tem tirado o sossego dos moradores da região.

De acordo com Elizeu, presidente da Asproma, o Ibama não reconhece o acordo assinado em Brasília entre o Governo do Estado e Governo Federal para a liberação da área. Com isso, continua a aplicar multas altíssimas aos moradores deixando-os em desespero. “O Ibama diz que o acordo não vale nada, que nada foi acertado”, afirmou o presidente.

O governador Ivo Cassol, que se mostrou indignado diante a situação, classificou como irresponsável a atitude do Ibama e ressaltou que o instituto não tem o direito de descumprir o acordo feito, continuar aplicando multas e tumultuando a solução do problema. “Na reunião para assinar o acordo em Brasília, a ministra Dilma Russef afirmou que o que foi acertado e assinado é para ser cumprido”, destacou o governador.

Na ocasião, Cassol prometeu empenhar esforço em Brasília afim de que o problema seja resolvido o mais rápido possível. “Vamos trabalhar em Brasília para que essas famílias possam viver em paz”, disse o governador.

Ao final da reunião, o deputado estadual Lebrão, que acompanha a situação dos moradores, se comprometeu em redigir documento e encaminhar ao governador Ivo Cassol para que seja anexado aos demais documentos que serão repassados à ministra Dilma Russef em Brasília, para que a mesma possa tomar conhecimento dos transtornos que o Ibama está causando junto as famílias da reserva Bom Futuro.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: