Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  seg,   19/outubro/2020     
reportagem

Governo quer mais fiscalização na fronteira com a Bolívia

17/6/2009 16:49:26
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 


 

O governo rondoniense tem feito um esforça muito grande para garantir que o rebanho bovino do estado esteja live de doenças restritivas à sua comercialização nos mercados consumidores de carnes mais exigentes.

Para garantir que o Estado continue luivre de doenças como a aftosa, o governo rondoniense entregou na manhã do dia 17, novas lanchas motorizadas, além de vans, para reforçar a fiscalização na área de fronteira com a Bolívia, impedindo que gado não vacinado entre no território do estado rondoniense.

Augustinho Pastore, presidente do Idaron, ao fazer a entrega de mais 12 lanchas equipadas com possantes motores de popa, aproveitou para explicar a importância dessa nova etapa no programa de manutenção da sanidade animal do rebanho bovino do estado.

“Este investimento é parte do convênio de 11,5 milhões de reais como o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e é importante para manter a sanidade animal não só da Bolívia, mas também do rebanho de Rondônia, já que nós estamos separados apenas pelo rio Mamoré do país vizinho”, destaca Pastore.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: