Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  dom,   29/novembro/2020     
cidades

Moção reconhece qualidade da Escola João Bento

4/6/2009 16:38:06
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



A Secretária Marli Cahulla prestigiou o evento. 


 

Em sessão realizada na tarde dessa terça-feira (2), na Câmara Municipal de Porto Velho, foi concedida Moção de Aplauso à Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio João Bento da Costa, pelo desenvolvimento do Projeto Terceirão, ações de reforço que têm propiciado a aprovação de um grande número alunos nos vestibulares de diversas faculdades. A iniciativa da homenagem foi do vereador José Francisco de Araújo (Zequinha Araújo – PMDB) aprovada por unanimidade por seus pares. O ato foi prestigiado pela secretária de Estado da Educação, professora Marli Cahulla.

A moção foi dirigida a todo o corpo docente da escola, representada por seu diretor Swamy Lacerda de Abreu e a vice Elba Cerquinha Barbosa; professores José de Arimatéia, Walfredo Tadeu e José Nazareno, idealizadores do projeto. Com uma proposta diferenciada, sempre buscando mais compromisso de seus professores e maior envolvimento dos alunos, a escola vem conseguindo, por meio do Projeto Terceirão, um crescente número de aprovações nos últimos vestibulares. 

“Esta iniciativa vai estimular ainda mais nossos alunos e professores”, disse a professora Marli Cahulla, secretária de Estado da Educação, acrescentando que a idéia, de tão boa que é, está sendo adotada por outras escolas de Porto Velho e também das cidades de Ouro Preto, Vilhena e Ariquemes. “Temos excelentes professores e técnicos e estamos sempre formando parcerias na busca de uma educação de excelência. Nossa ação na secretaria visa fortalecer o trabalho que é desenvolvido lá na ponta, na escola, onde efetivamente as ações acontecem. A educação de Rondônia está caminhando no rumo certo. Nosso Estado é o único do Brasil a ter dois professores nota 10, premiados pela Fundação Victor Civita, de São Paulo. Temos professores comprometidos, alunos interessados e uma equipe excelente. Acreditamos em vocês, acreditamos na Educação”, arrematou, sob aplausos, a secretária Marli Cahulla, que estava acompanhada da coordenadora Pedagógica da Seduc, Irany Freire Bento, e de Marcos Meirelles, representante de Ensino da Seduc em Porto Velho.

De acordo com o diretor Swamy, em apenas sete anos do Projeto Terceirão, foram aprovados 454 alunos em vestibulares e 360 foram beneficiados pelo Prouni, o Programa Universidade para Todos. Só este ano foram 93 aprovados para a Universidade Federal de Rondônia (UNIR).




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: