Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  ter,   17/setembro/2019     
cidades

Verificação de urnas comprovou que Chico Pernambuco estava errado

4/12/2008 15:28:36
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Inconformado com a derrota acachapante, o prefeito Chico Pernambuco espalhou sua foto não apareceu em várias urnas nas eleições de outubro. Este último recurso do prefeito derrotado não surtiu efeito. 


 

Inconformado com o terceiro lugar nas eleições do Candeias, onde foi derrotado por Osvaldo Souza, o Dinho, o prefeito Chico Pernambuco entrou com uma reclamação na Justiça Eleitoral alegando que foi prejudicado como candidato, porque sua foto não apareceu nas urnas no momento da votação.

A reclamação de Pernambuco foi aceita pelo Juiz da 24ª Zona Eleitoral, Dr. Sérgio William Domingues Teixeira.

VERIFICAÇÃO

As alegações de Chico Pernambuco, que entrega a prefeitura a Dinho em 1º de janeiro de 2009, não passaram de aleivosias, conforme se constatou através da verificação técnica das urnas determinados pela Justiça Eleitoral.

A verificação foi realizada por servidores da Secretaria de Tecnologia do TER-RO. Os trabalhos foram acompanhados por “Chico Pernambuco”, dois advogados e dois profissionais da área de tecnologia contratados pelo candidato.

O requerente foi quem escolheu as urnas. A escolha caiu nas das seções 21, 23, 29, 33, 35, 106, 108, 114, 119, 134 e 139. Acionado o programa de auditoria desenvolvido pelo TSE e auditado pela OAB, MPF, além de representantes de Partidos Políticos, foi escolhida a opção “visualização de candidato específico”, inserindo-se o número do candidato Requerente para conferência da fotografia do mesmo.

Durante os procedimentos foi constatada a presença da foto do candidato a prefeito Francisco Vicente de Souza, “o Chico Pernambuco”, sob o número 15, bem como do respectivo candidato a Vice-Prefeito, de forma visível, em todas as urnas analisadas.

Essa é mais uma prova da impossibilidade de erro ou manipulação dos dados constantes nas urnas eletrônicas, ou seja, da inviolabilidade dos programas, que está entre os mais modernos e seguros do mundo.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: