Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   24/maio/2019     
reportagem

Caerd não sabe como pagar dívida de 500 milhões ao Tesouro Nacional

3/11/2008 17:06:54
Por Imprensa Popular
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



A estatal rondoniense está tendo, também, dificuldades para receber créditos dos municípios. Apenas três que negociaram suas dívidas estão honrando o compromisso. 


 Ao longo de aproximadamente 30 anos de exercício sem manter em dias suas responsabilidades financeiras, a Companhia de Águas e Esgotos do Estado de Rondônia, Caerd, acumulou uma dívida junto ao Tesouro Nacional de aproximadamente 500 milhões de reais.

Esta dívida é oriunda da inadimplência no pagamento de obrigações sociais (PIS e Cofins), Imposto de Renda e INSS.

A estatal vem procurando uma maneira de negociar esse débito milionário sem inviabilizar o funcionamento da empresa, responsável pela execução do plano de saneamento básico no estado.

Recentemente, em companhia do deputado federal Eduardo Valverde, do PT, a diretora financeira da Caerd, Fátima Marques, manteve um encontro em Brasília com o Secretário Executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Machado, na tentativa de encontrar uma saída para esse impasse. Ele reafirmou que sem um alongamento dessa dívida, a empresa não tem como pagá-la.

Nelson Machado explicou que somente através de uma lei aprovada no Congresso Nacional poderá haver uma mudança na forma de quitação desse débito. Ele reconheceu que esta situação da Caerd e semelhante ao de outras estatais do setor, com alto passivo.

Machado afirmou ao deputado Valverde que pretende encaminhar um projeto de lei possibilitando o alongamento da dívida dessas estatais, incluindo a Caerd, ao Congresso Nacional sem, contudo, especificar uma data para o envio dessa matéria ao Congresso.

Da mesma maneira que a Caerd tem dificuldades para pagar seu passivo, também as prefeituras rondonienses, em sua ampla maioria, têm deixado de pagar seus débitos à estatal rondoniense. O montante da dívida das prefeituras com a Caerd supera os 43 milhões de reais. Segundo se informou somente três prefeituras estão quitando, parceladamente, os seus débitos.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: