Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qui,   17/outubro/2019     
reportagem

Gafisa lança terceiro prédio de resort já com 75% dos apartamentos vendidos

3/11/2008 16:50:00
Por Imprensa Popular
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Símbolo de prosperidade e conforto, empreendimento atrai gente interessada em ter o sossego do campo aliado às facilidade da cidade. 


 A Gafisa, uma das maiores construtoras do país, está tendo motivos de sobra para comemorar sua vinda para Rondônia. Prova disso é o primeiro empreendimento que a gigante paulista está lançando em Rondônia, o condomínio Reserva do Bosque, primeiro na modalidade resort em Porto Velho. As vendas dos apartamentos, negociados "na planta", ultrapassaram a mais otimista expectativa.

As duas primeiras torres do condomínio já foram completamente negociadas, e o edifício Botânica, lançado agora, já sai com mais de 75% das unidades vendidas.

O sucesso se explica, de acordo com Eduardo Kiss, em parte devido ao vácuo existente na questão residencial de Porto Velho. Em segundo, diz o representante da Gafisa no Norte do país, é o próprio modelo do condomínio que explica em parte seu sucesso. Uma ampla área de lazer, com um bosque natural — estrategicamente escolhido e preservado — em uma das mais nobres áreas da capital rondoniense.

Esse é um atrativo que agrada e muito o perfil do potencial comprador de um apartamento e uma das quatro torres do empreendimento. Esse perfil, explica o corretor Gilberto Rocha, é composto principalmente de médicos, engenheiros, magistrados, promotores, médios e grandes empresários e também alguns políticos. "A cobertura foi comprada pelo governador", informou Rocha.

Além disso, os compradores têm uma vantagem em relação a clientes de outros empreendimentos: não precisarão arcar com os custos de mobília das dependências do condomínio.

"É só chegar e morar", brinca o corretor imobiliário Gilberto Rocha. Ele próprio, mesmo não sendo um dos compradores de algum apartamento do edifício, também tem bons motivos para comemorar. A boa vendagem da Reserva do Bosque gerou uma premiação para ele e outros corretores, em compensação à boa performance das vendas.

Empolgado com o sucesso da iniciativa, a Gafisa já está pensando no próximo investimento que fará na capital, com igual expectativa de sucesso.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: