Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   15/novembro/2019     
cidades

Hoje é o Dia do Selo

1/8/2008 08:18:20
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Os Correios comemoram em 1º de agosto o Dia do Selo Brasileiro. Nesta data, em 1843, entrou em circulação a primeira emissão postal brasileira, conhecida como Olho-de-Boi em razão da semelhança com o olho do animal. Os selos tinham os valores de 30, 60 e 90 réis. 


 O selo nasceu na Inglaterra, em 1840, a partir da necessidade de se estabelecer um padrão de tarifas postais para toda a nação.

O Brasil foi o segundo país do mundo a adotar o selo postal como comprovante de franqueamento. Foi também no Brasil que, em 1974, foi lançado o primeiro selo do mundo com legenda em braile.

Outro motivo de orgulho para os filatelistas brasileiros é o fato de que o país foi o segundo do mundo a emitir um selo com imagens tridimensionais, em 1989.

O Dia do Selo ressalta a história do selo postal brasileiro e seu importante papel na divulgação dos fatos nacionais relevantes, registrando o que de mais expressivo o Brasil possui em seu vasto universo histórico e sociocultural.

A partir do primeiro lançamento, diferentes emissões foram se sucedendo, das clássicas às comemorativas, visando popularizar o selo e, ao mesmo tempo, torná-lo mais atraente aos colecionadores. Para isso, os Correios vêm lançando selos impressos com técnicas inovadoras associadas à concepção gráfica moderna com microletras, odores, tintas e vernizes especiais, alto relevo e, também, resgatando técnicas tradicionais, como o talho-doce.

Até 1968, a grande maioria dos selos comemorativos brasileiros tinha impressão em uma só cor. Nesse ano, começaram a ocorrer melhorias significativas no processo de impressão, especialmente no que se refere ao tipo de papel, às técnicas utilizadas e aos mecanismos de segurança contra falsificações.

A partir da criação da ECT, em 1969, artistas plásticos e desenhistas foram contratados para melhorar a qualidade das emissões comemorativas e a Casa da Moeda foi reequipada para garantir uma impressão compatível com o novo padrão, dentre as providências que foram adotadas para incrementar a Filatelia.

Como decorrência da modernização em sua concepção artística, os selos brasileiros tornaram-se mais atraentes e competitivos, obtendo importantes prêmios internacionais e conquistando respeito entre os adeptos da Filatelia, considerada o hobby mais praticado do mundo.

Fonte: Assessoria/Correios


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: