Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qui,   6/agosto/2020     
cidades

Orquestra do MT traz música clássica ao público de Porto Velho

19/6/2008 02:10:29
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



A orquestra é regida pelo maestro Leandro Carvalho, apontado como um dos dez artistas de maior importância na música clássica da década. 


 A turnê Sonora Brasil, que desde o mês de abril leva a Orquestra do Estado de Mato Grosso para 78 cidades, em 22 estados brasileiros, traz o conjunto a Porto Velho para uma única apresentação no dia 20 de junho, sexta-feira, às 20 horas, no Teatro do Sesc Esplanada.

As apresentações ao longo da turnê tem obtido uma média de público de 500 pessoas por concerto. Serão 90 dias excursionando pelo país apresentando no repertório composições de Heitor Villa-Lobos, em adaptações do maestro Leandro Carvalho.

O Projeto Sonora Brasil: Formação de Ouvintes Musicais, é uma iniciativa do Sesc Nacional que tem como proposta a formação de ouvintes em música, levando a informação musical a diferentes pontos do país.

O maestro Leandro Carvalho afirma que o público poderá sentir de perto um grupo que está fazendo concertos praticamente todos os dias. "A sintonia não poderá estar mais fina" garantiu o maestro Leandro Carvalho.

O maestro Leandro Carvalho, fez um balanço da turnê até o momento. "Sentimos que estamos contribuindo tanto para formação de novas platéias no Brasil como para a construção de uma nova imagem do Estado de Mato Grosso no imaginário da população".

Leandro, recentemente apontado pelo Anuário Viva Música 2008, como um dos dez artistas de música clássica da década, afirmou ainda que os frutos dessa turnê semearão num futuro próximo. "É a maior turnê que uma Orquestra brasileira já realizou! E ainda por cima, tocando a obra de nosso maior gênio, Heitor Villa-Lobos. As futuras gerações lembrarão desta epópeia que ficará marcada na história de nosso país" concluiu um orgulhoso maestro.

Na lista, estão nomes como os dos maestros Roberto Minczuk, Isaac Karabtchevsky e John Neschling, atual regente da Orquestra Sinfônica de São Paulo, a maior do país. Também presentes, Alex Klein, ganhador de um prêmio Grammy em 2002, o pianista Nelson Freire e o violoncelista Antonio Meneses, considerado um dos maiores do mundo.

Aos 32 anos, Leandro é o mais jovem músico na lista que conta com artistas de carreiras já consolidadas e bem conhecidas do público e da mídia, e o único a residir e a desenvolver suas atividades fora dos grandes centros. Expandindo as fronteiras da música erudita no interior do país, num Estado mais conhecido pela produção agropecuária e pelos problemas ambientais, o trabalho do maestro a frente da Orquestra do Estado de Mato Grosso contribuiu decididamente para esta indicação.

O que faz da experiência de Leandro Carvalho algo único no país é a soma de empreendedorismo e sensibilidade na formação de um grupo de músicos profissionais de diversas origens, dispostos a investir no projeto da consolidação de uma Orquestra com alto nível técnico e artístico, comprometida com a transformação social e a valorização das referências culturais da região.

A turnê marca um ano importante para a Orquestra do Estado de Mato Grosso que, em 2008, deverá realizar 142 concertos, sendo que 90 deles fora do estado. Além dos concertos do projeto Sonora Brasil, a Orquestra do Estado de Mato Grosso também foi convidada para a turnê comemorativa aos 90 anos do Grupo Votorantim. Entre agosto a novembro, o grupo tocará obras de Stravinsky e de compositores brasileiros em quinze cidades do Centro Oeste e Nordeste do país. Todos os espetáculos da turnê "Concertos pelo Brasil/Votorantim" terão entrada franca.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: