Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   15/janeiro/2021     
cidades

Revista da OAB ajuda resgatar história da advocacia em Rondônia

3/6/2008 10:29:20
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



A revista contempla os assuntos da advocacia, da justiça e da cidadania e terá circulação semestral. 


 Como forma de resgatar a história, ampliar a comunicação, e fortalecer a advocacia no Estado, a Seccional Rondônia da Ordem dos Advogados do Brasil lançou, na última sexta-feira, a primeira edição de seu mais novo veículo de comunicação, a 'Revista da OAB-RO'.

A solenidade de lançamento aconteceu no plenário da Seccional, durante sessão ordinária do Conselho, sendo prestigiada por advogados da Capital e do interior.

Lendo mensagem do presidente da Seccional, advogado Hélio Vieira - que participava do Colégio de Presidentes de Seccionais no Rio Grande do Sul -, o conselheiro Carlos Alberto de Souza Mesquita justificou a criação da revista, assegurando que mais que um simples divulgador de ações, a revista consolida as iniciativas da Seccional e conclama os advogados ao trabalho voluntário em prol da justiça e do estado democrático de direito.

Ex-presidente e membro nato da OAB, o jurista Francisco Arquilau de Paula realçou a importância da revista dando, ênfase ao resgate histórico feito pela publicação em matéria especial sobre o surgimento da Seccional no Estado.

Arquilau de Paula lembrou das dificuldades enfrentadas pelos advogados para a implantação da OAB quando Rondônia ainda era Território. "Os advogados não desistiram da idéia porque entendiam que a Seccional apoiaria o desenvolvimento tanto da advocacia quanto do então território, bem como aconteceu. E agora, no limiar de completar seus 35 anos, a OAB se impõe como instituição de vanguarda e lança sua primeira revista, o que a nivela às demais seccionais".

PRIMEIRO PASSO
O vice-presidente do Conselho Seccional, advogado Ivan Machiavelli, foi um dos que muito elogiaram a criação da revista. Segundo ele, a iniciativa é louvável, mas ainda é pouco considerando a grandeza da OAB. "Esse é apenas o primeiro passo para uma série de iniciativas que ainda serão tomadas pela Ordem", frisou.

Já o presidente da Associação Rondoniense dos Advogados Trabalhistas (Aronat), Luiz Zildemar Soares, elogiou a iniciativa da diretoria da Seccional, dando destaque especial para a qualidade editorial da revista. "A revista, pela qualidade que tem, deve ser vista pela advocacia como um instrumento de valorização do advogado".

Representando as Subseções, o presidente da Subseção da OAB em Jaru, advogado Mário Roberto de Souza, enfatizou a iniciativa da diretoria executiva da Ordem, adiantando que a revista tem maior importância que o jornal por ser mais duradoura. Ele elogiou ainda o trabalho editorial da revista, destacando o trabalho da Assessoria de Comunicação. "A revista demonstra que a OAB dispõe de uma equipe de jornalistas que está a altura das seccionais de grandes Estados, como São Paulo e Minas Gerais".

O sub-defensor público geral do Estado, Carlos Biazi, e o conselheiro federal da OAB, advogado Orestes Muniz, foram unânimes ao afirmarem que a revista é a memória viva da Seccional. Segundo eles, ela contribui para resgatar a memória dos pioneiros. "A revista é oportuna, merecida e importante. É um registro da luta passada e um incentivo para embates futuros", diz Orestes Muniz.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: