Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  ter,   31/março/2020     
reportagem

Deputado acha grupo Suez menos arrogante que a Odebrecht

23/5/2008 10:00:02
Por Imprensa Popular
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Num discurso proferido no dia 21, o deputado Moreira Mendes saudou a vitória do consórcio liderado pelo grupo Suez, que ganhou a concorrência para construir a hidrelétrica de Jirau, que deverá prestigiar mais o empresariado rondoniense. 


 Para o parlamentar do PPS o consórcio que vai construir a hidrelétrica do Jirau, que faz parte do complexo energético do rio Madeira, vai dar um tratamento diferenciado para Rondônia, prestigiando mais o empresariado local e também dando prioridade na contratação de mão-de-obra local. Ele não explicou porque tem essa visão, mas destacou em seu discurso que o consórcio liderado pela Odebrecht – responsável pela construção da hidrelétrica de Santo Antonio, trata as lideranças de Rondônia e as demandas do estado com arrogância, demonstrando não ter maior interesse em buscar entrosamento com a comunidade do estado.

Para o deputado, além de um deságio de 21,53% em relação ao preço estipulado pelo governo, outro fator extremamente positivo é o fato de que a conclusão da hidrelétrica de Jirau pode ser antecipada em um ano, de 2013 para 2012, conforme anunciou o grupo Suez. “Essa é uma notícia muito importante. É mais um passo que Rondônia dá rumo ao seu destino histórico de progresso e de desenvolvimento”, frisou.

Moreira Mendes lembrou que o grupo Suez já comanda a Tractbel, empresa responsável por aproximadamente 10% da geração de energia no país. “Jirau é uma prioridade para o governo, está no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), uma obra que terá capacidade para gerar 3,3 megawatts de energia, e isso é importante não só para Rondônia, mas para todo o Brasil”.

O deputado informou que, logo após o resultado do leilão, foi procurado por representantes do consórcio para promover uma aproximação do grupo com os empresários rondonienses, e aproveitou para fazer uma referência especial ao presidente do consórcio, Vítor Paranhos, e ao presidente do grupo Suez no Brasil, Maurício Bahar. “Eu quero parabenizar esse consórcio, o presidente Vítor Paranhos, e especialmente Maurício Bahar, presidente da Suez aqui no Brasil, esperando que eles possam fazer o melhor por Rondônia e o melhor pelo Brasil”, concluiu.



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: