Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sáb,   19/setembro/2020     
cidades

Mais liberação de recursos para obras na capital

9/5/2008 18:40:45
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



O terminal irá dotar Porto Velho de infra-estrutura portuária, indispensável para seu desenvolvimento, pois possibilitará maior segurança nas operações de embarque e desembarque de cargas e passageiros, da navegação fluvial interior e maior controle quanto à fiscalização. 


 O deputado Eduardo Valverde (PT/RO) participou nesta quinta-feira (08), em Brasília, da assinatura do convênio do Terminal Hidrovivário do Porto do Cai N'água, entre a Prefeitura de Porto Velho e o Departamento Nacional de de Infra-Estrutura de Transportes(DNIT).

Para a obra, serão liberados via DNIT R$ 10,8 milhões, e abrange o Projeto Naval e o Projeto Retroporto, que consiste na construção de terminal flutuante, pontes móveis, guarita, o terminal pesqueiro, aterro compactado, terminal de passageiros, centro administrativo, armazém, e recuperação dos cais flutuantes.

Serão efetuadas também, a recuperação dos cais flutuantes, trapiche, flutuantes intermediários, acréscimo de passarelas laterais para pedestres. O tráfego de pedestres será delimitado desde a estação de passageiros até o embarque. A urbanização contemplará uma área e apoio ao terminal, incluindo circulações de pedestres, de automóveis e de veículos de carga, estacionamentos de automóveis e motocicletas e área prevista para expansão futura do porto.

Segundo Valverde, o terminal irá dotar Porto Velho de infra-estrutura portuária, indispensável para seu desenvolvimento, pois possibilitará maior segurança nas operações de embarque e desembarque de cargas e passageiros, da navegação fluvial interior e maior controle quanto à fiscalização. " Grande parte dos acesso aos municípios de Rondônia é feito via fluvial. A economia do nosso estado é baseada na agricultura e pecuária que encontra-se o caminho para seu escoamento para Manaus e outras regiões via fluvial", ressaltou.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: