Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  dom,   27/setembro/2020     
reportagem

Flores movimentam mais de R$ 2 bilhões em negócios no Brasil

2/5/2008 20:16:37
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Em Rondônia a atividade está engatinhando, com o apoio do Sebrae. Os maiores produtores de flores são os estados de São Paulo, Minas Gerais, Ceará e Rio grande do Sul. 


 O setor de floricultura movimentou, em 2007, R$ 2,4 bilhões. O mercado é composto por sete mil produtores, que atuam em 25 mil pontos de venda, como floriculturas, quiosques, supermercados, feiras livres e garden centers (supermercados específicos para flores e plantas). São 250 tipos diferentes de flores no Brasil. Entre as mais vendidas estão: rosas, lírios, tulipas, gérberas e tropicais. Quando acompanhadas por vasos, os destaques são a violeta, begônia e kalanchoe (flor da fortuna).

De acordo com o anuário brasileiro das flores 2007, o Brasil produz e comercializa, tanto as espécies temperadas quanto as tropicais, o que contribui para a venda de flores tradicionais e exóticas. O carro-chefe da produção nacional são as ornamentais.

Os maiores produtores de flores são os estados de São Paulo, Minas Gerais, Ceará e Rio grande do Sul. SP é responsável por 70% do volume total. Em relação ao consumo, 85% da demanda está no Sudeste.

Para o presidente da Câmara Setorial de Flores e Plantas Ornamentais, Renato Opitz, nos últimos cinco ano, as flores que mais se desenvolveram no País foram as orquídeas, bromélias e tropicais.

As datas comemorativas que mais contribuem para o aumento de renda do produtor brasileiro são o Dia das Mães, dos Namorados, Finados, Internacional da Mulher e o Natal.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: