Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sáb,   19/setembro/2020     
cidades

Hércules Góes negocia realização de evento na Expovel

2/5/2008 20:14:11
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Feliz com a realização de um evento idealizado para discutir problemas ambientais, realizado na Ulbra, Hércules Góes espera negociar a realização de uma segunda etapa de seu projeto na Expovel. 


 A segunda etapa do Grito da Amazônia poderá acontecer na Expovel. A realização está sendo negociada para ocorrer durante a Expovel, a maior feira agropecuária do estado, pois diferentemente da maioria, Hercules Góes acredita que é preciso discutir com todos os segmentos, pois “a luta contra o aquecimento global não é a luta de apenas um grupo de pessoas”, afirma. “A luta contra o aquecimento global deve ser uma onda poderosa o suficiente para sensibilizar toda a sociedade, principalmente àqueles que são acusados de desmatarem a floresta para a produção agropecuária. Entendemos que não podemos ter preconceitos, nosso objetivo é a conscientização e queremos ter em nossas fileiras todos os grupos, sejam ONGs, universidades, o setor produtivo, enfim toda sociedade alinhada com o mesmo ideal de lutar contra o aquecimento global”, sublinhou Hércules.

“Recebemos algumas críticas, mas estamos ativos. Preferimos ser criticados por nossas ações, do que pela omissão ou pela inércia. Vamos continuar com o projeto até que em quatro de julho estejamos em Nova York, levando para o mundo o que discutimos aqui durante as etapas anteriores, como forma de dar eco planetário às nossas denúncias e propostas” destacou o jornalista.

“O evento que realizamos na Ulbra no último dia 25 de abril, foi ímpar, trouxemos conferencistas de alto nível, como Virgílio Gibbon, que eu não sabia foi primeiro doutor da fundação Getúlio Vargas, Werner Grau Neto, sócio do escritório Pinheiro Neto de São Paulo, Dr. Roberto Kishinami, Edgar Fagundes da Petrobrás da AES Tiête, entre outros que trouxeram informações preciosas e apontaram para novas possibilidades e oportunidades para que empreendimentos sustentáveis possam surgir aqui em nossa região, gerando riquezas e conservando o meio ambiente. È isso que queremos”.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: