Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  dom,   29/novembro/2020     
cidades

Governo assina convênio para ampliar sistema de água tratada em Jaru

19/4/2008 11:49:01
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Nesta visita, Cassol foi acompanhado pelo vice-governador João Cahulla, além de alguns deputados de sua base de apoio. 


 

O governador Cassol chegou ao município pela manhã de sexta-feira (18), indo direto aos estúdios da rádio Nova Jaru FM, onde participou de um programa de entrevistas em cadeia com a rádio Interativa FM. Durante uma hora Cassol respondeu os questionamentos dos radialistas e ouvintes da emissora. De lá Cassol foi à TV SBT, onde participou do programa Teleclip, com Santana, os deputados estaduais Tiziu Jidalias e Walter Araújo e o prefeito de Jaru Ulisses Borges, onde falou da Operação Titanic, incentivos fiscais e futuro político, reafirmando sua intenção de cumprir seu mandato até o final, em 2010, e encerrar sua carreira política. “A legislação do Brasil pune os inocentes, faz com que a sociedade condene a pessoa sem provas e nada acontece. Não preciso disso, vou cumprir meu mandato e cuidar da minha vida”, disse Cassol durante a entrevista.

De lá Cassol foi à Rádio FM do Povo, onde conversou com os radialistas Elcio Moreira e Hamilton. Além dos questionamentos dos ouvintes, o governador também falou do momento político que vive Jaru, da prisão do filho Ivo Júnior e das medidas sugeridas pelo Governo do Estado para enxugar a prefeitura do município. “Andaram dizendo que fizemos uma intervenção em Jaru. Não é verdade, nós apenas fizemos uma avaliação da situação da realidade do município para apresentar soluções ao prefeito, para melhorar a situação dos jaruenses”, disse o governador.

SEIS MILHÕES

À tarde Cassol e Cahulla foram à A.A.B.B. para uma reunião com os servidores municipais e a população. O vice-governador Cahulla entregou o relatório e apresentou as sugestões para enxugar a máquina administrativa antes que a prefeitura quebre, pois já está em dificuldades financeiras.

Na solenidade foi assinado Termo de Compromisso com a prefeitura de Jaru no valor de R$ 6.000.000,00 (seis milhões de reais) para dotar 100% da área urbana de Jaru com água tratada. Também foi assinado convênio com o transporte escolar no valor de R$ 700.000,00 reais, entregues 80 kits de padaria popular e 11 microcomputadores para as escolas estaduais do município. A APAE de Jaru recebeu da primeira dama Ivone Cassol um kit de padaria popular e diretoras de escolas estaduais receberam 11 computadores. O vereador Antonio Pereira Cabral (Tonhão), presidente da Câmara Municipal, recebeu o relatório de sugestões das mãos do governador. “Esse remédio é amargo, e espero que o prefeito Ulisses Borges possa aplicar na prática para o bem do nosso povo. Pode contar com a câmara de vereadores”, disse o vereador ao receber o relatório.

Também foi assinado convênio do FITHA (Fundo de Infra Estrutura, Transporte e Habitação) com o prefeito Francisco de Assis Neto, município de Jorge Teixeira, no valor total de R$ 416.949,20 reais.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: