Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   19/julho/2019     
reportagem

OAB lança campanha pela valorização profissional em Ji-Paraná

17/4/2008 07:02:39
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Hélio Vieira, presidente da OAB-RO, tem afirmado que a violação das garantias dos advogados é, antes de tudo, uma ameaça ao estado democrático de direito. 


 Com a participação do prefeito José Bianco, vereadores, representantes do Ministério Público, magistrados, advogados e acadêmicos dos cursos de Direito da região Central do Estado, a Seccional Rondônia da OAB lançará nesta sexta-feira (18), às 20h, em Ji-Paraná, na sede da Associação Atlética do Banco do Brasil (ABB), a campanha pela valorização da advocacia.

De acordo com o vice-presidente da OAB, Ivan Machiavelli, a expectativa é que cerca de 500 pessoas, dentre advogados, profissionais de direito e acadêmicos tanto de Ji-Paraná quanto dos municípios do entorno da região Central, como Presidente Médici, Cacoal e Ouro Preto do Oeste.

No lançamento da campanha haverá discursos abordando a questão do respeito às prerrogativas, o problema dos honorários aviltantes arbitrados por magistrados e trabalho pela cidadania que a OAB vem realizando. Contará também com a apresentação de um show musical com a Banda Estróina (ex-BR 80), pois o objetivo da campanha também é conscientizar a sociedade sobre a importância da valorização da advocacia como garantia dos direitos dos cidadãos, com entrada franca para advogados, familiares, estudantes e integrantes de associações, sindicatos e outros segmentos do movimento social.

Dia 19 de abril, acontecerá a abertura do torneio esportivo, às 8h30, na chácara do “Arroz Bernardo”, km 8, saída para Porto Velho. Segundo a presidente da Subseção da OAB de Ji-Paraná, advogada Marlete Maria da Cruz Correa, já estão confirmadas as participações de uma equipe feminina local e outra masculina.

A campanha pela valorização da advocacia foi lançada no início do mês em sessão do Conselho Seccional e reforçada, na semana passada, com a participação do presidente da entidade, advogado Hélio Vieira, em um corpo-a-corpo junto a membros do Judiciário para entrega do manifesto da campanha a desembargadores e juizes da capital, ocasião em que lembrou que a violação das garantias dos advogados é, antes de tudo, uma ameaça ao estado democrático de direito.

ESPIGÃO DO OESTE

No município, a OAB realiza um encontro nesta quinta-feira (17), para debater os impactos constitucionais e ambientais decorrentes do garimpo ilegal de diamante na reserva indígena de Roosevelt. Para falar sobre o tema “Soberania da Amazônia – Meio Ambiente – Garimpo”, a entidade levará a Espigão o especialista em meio ambiente Ivo Benitez, subprocurador-geral de Justiça de Rondônia e o advogado constitucionalista Orestes Muniz Filho, ex-presidente da Seccional e conselheiro federal.

O evento será realizado no plenário da Câmara de Vereadores, a partir das 19 horas e, segundo o vice-presidente da OAB, advogado Ivan Machiavelli, tem o objetivo principal de envolver toda a sociedade nessa discussão, pois os debates irão refletir o nível real de informações sobre os impactos da exploração ilegal de diamantes no garimpo e contribuirão para a elaboração de um documento para ser encaminhado ao Conselho Federal da OAB, comprovando que o garimpo nunca foi desativado como afirma o Governo.

Para o presidente da Seccional Rondônia da OAB, advogado Hélio Vieira, a solução que por acaso advir a partir do debate sobre o assunto pode trazer benefícios não só para Espigão do Oeste, mas também para a sociedade do entorno como Cacoal e Pimenta Bueno, que sofrem impactos diretos da atividade ilegal do garimpo de diamantes.

O presidente da Subseção da OAB em Espigão, advogado Célio Renato da Silveira, disse, nesta terça-feira, que a cidade está mobilizada para a palestra. “Já mantivemos contatos com as lojas maçônicas, juízes, promotores, Prefeitura e vários outros segmentos sociais. Percebo que há uma boa expectativa quanto à realização da palestra”, disse.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: