Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   4/dezembro/2020     
cidades

Governo vai dar todo apoio ao combate a dengue na capital

17/4/2008 06:57:37
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Para que a campanha alcance os objetivos pretendidos é necessário o empenho de toda a população. 


 O Governo de Rondônia, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), está apoiando amplamente a Campanha “Porto Velho: Todos contra a Dengue”, que terá abertura na manhã de sexta-feira, 18, no auditório do Ministério Público, na Capital. A Campanha, coordenada pelo Ministério Público de Rondônia (MP) é a maior iniciativa coletiva já realizada, até então, para conscientizar a população sobre os perigos e as prevenções possíveis contra a doença. O trabalho vai atingir cerca de 80 mil imóveis em mais de 40 bairros.

“A Sesau participará de todas as etapas da campanha onde estarão envolvidos cerca de 300 servidores voluntários, além de apoio logístico com disponibilização de 52 veículos, fornecimento de água e materiais de divulgação, entre outros serviços. A ação nos bairros envolve a identificação e busca dos possíveis focos e criadouros do mosquito aedes aegypti. Para realizar o trabalho, a cidade foi dividida em cinco coordenações”, explicou Milton Moreira, secretário de Estado da Saúde.

No próximo sábado (19), serão realizadas blitz com ações educativas e atividades diretas de eliminação de criadouros dos mosquitos. Agentes e voluntários visitarão cerca de 80 mil imóveis em mais de 40 bairros da capital. Serão feitas orientações para que recolham objetos e juntem todo o lixo que possam oferecer perigos e se constituir como possíveis focos da dengue.

Os moradores serão orientados para todo os objetos que possam ser criadouros sejam colocados em frente às casas. Na segunda-feira (21), a Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Semusp) passará com caminhões recolhendo todo o material. No dia 22 as secretarias municipal e estadual de Saúde começarão o trabalho termonebulização (fumacê) dos locais mais afetados.

Empenho de toda a população - “As etapas de trabalho são necessárias para atingirmos os ciclos da dengue. Com as ações diretas de identificação e eliminação de focos atacaremos o mosquito na fase larval e o fumacê atingirá o mosquito transmissor na fase adulta. Nossa meta também envolve a conscientização do maior número possível de pessoas”, destacou Gilberto Mioto, diretor geral da Agevisa.

O secretário de Estado da Saúde alerta ainda que para que a campanha alcance os objetivos pretendidos é necessário o empenho de toda a população. “Pedimos a todos para que recebam bem os agentes de saúde e os voluntários da campanha para que possamos traçar uma ação efetiva para a diminuição da dengue. Esse esforço coletivo só terá sentido se toda a população também se engajar nessa luta”.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias

23/11/2012 20:12:09 - SINDCONTAS ganha novo portal

Publicidade: