Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  dom,   29/novembro/2020     
cidades

TRT faz doações de material em desuso para entidades filantrópicas

4/4/2008 14:37:30
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



A Base Aérea, a Associação dos Deficientes Físicos do Estado de Rondônia (Asdefron) e o Centro Salesiano do Menor Trabalhador, no bairro Areal serão as instituições beneficiadas. 


 O projeto “soldado cidadão”, coordenado pela 3ª Companhia do 54º Batalhão de Infantaria e Selva (BIS), foi um dos primeiros programas sociais, atendidos quinta-feira(3), com a doação de móveis considerados ociosos pela Comissão de Destinação de Bens do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região. São 22 lotes com mesas, cadeira, estantes, aparelhos eletroeletrônicos, e outros materiais dentre os quais aparelhos de fax e de ar condicionado.

A Base Aérea, a Associação dos Deficientes Físicos do Estado de Rondônia (Asdefron) e o Centro Salesiano do Menor Trabalhador, no bairro Areal, serão as outras instituições beneficiadas. De acordo com o diretor do DSMP, Olegário Reis, a maior parte dos cartuchos e toner para impressoras, em desuso, será doada para reciclagem na oficina de informática do Centro do Menor, com um retorno social muito maior do que a venda para terceiros.

Os materiais foram avaliados e receberam parecer favorável da Diretoria de Serviço de Controle Interno e Auditoria (DSCIA) do TRT, com base no que dispõe o Decreto 6.087/2007, que regulamenta no âmbito da administração pública federal o reaproveitamento, a movimentação, a alienação e outras formas de descarte de materiais e equipamentos usados.

Com base nesse parecer, a Diretoria de Serviço de Serviços de Material e Patrimônio (DSMP), em conjunto com o Projeto Justiça do Trabalho Solidária, fez a entrega dos primeiros 11 lotes de materiais, que foram transportados em caminhões do Exército por uma equipe comandada pelo sub-tenente Werneck.

O sub-tenente disse que uma parte dos móveis será utilizada para equipar a “sala de instrução” da unidade militar, que funciona próximo ao quartel do 5º BEC. A companhia foi instalada em janeiro de 2007, e é comandada pelo major Hilel Zanatta, um dos principais incentivadores do programa de formação profissional. O programa recebe recursos federais para manutenção e os estágios dos soldados são realizados em entidades e empresas, com as quais o Exército mantém convênios.

Os maiores beneficiados com os materiais doados pelo TRT serão os próprios soldados, que saem da instituição com um profissão. Cerca de 70 recrutas ingressam por ano na unidade, e em média, 75% retornam à vida civil com uma iniciação profissional.

O projeto oferece aos soldados cursos de vigilante, eletricista predial, curso de iniciação em informática, auxiliar de almoxarifado, mecânica de automóveis e caminhões, e outros que estão sendo em fase de implantação.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: