Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   27/novembro/2020     
cidades

Deputados exigirão ajuda do governo federal para atender Jacinópolis

28/3/2008 07:51:07
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Um documento de iniciativa de Tiziu Gedalias, com a assinatura de todos os deputados estaduais, será entregue ao governo federal, cobrando medidas para por fim à situação de abandono dos moradores do distrito. 


 Jacinópolis é uma comunidade de aproximadamente três mil moradores. A colonização iniciou-se em 2002 e hoje apresenta o seguinte quadro socioeconômico: são duas mil propriedades rurais, onde estão plantados aproximadamente 1160 mil pés de café; três mil pés de pupunha; são produzidos diariamente dois mil litros de leite e o rebanho bovino (leite e corte) chega a 22 mil cabeças. Além isso, Jacinópolis é o maior produtor de banana-maçã do Estado, grande produtor de melancia, cacau, urucu, arroz, milho, feijão, além da madeira teca.

De acordo com o administrador de Jacinópolis Laci Gomes Dias, desde o início da ocupação a comunidade tem passado por dificuldades diversas, a começar pela falta de localização fundiária, “pertencemos ao município de Nova Mamoré, mas estamos distantes da sede cerca de 650 quilômetros, separados pelo Parque Estadual de Guajará-Mirim, o que nos deixa sem atendimentos, até mesmo das necessidades básicas”. Além disso, os moradores reclamam da falta de estradas, falta de infra-estrutura, são totalmente desprovidos de energia elétrica, telefone, segurança, posto de saúde e educação e o mais difícil, que é a falta da regularização fundiária o que tem causado muitos transtornos com o Ibama e a Sedam.

Diante de toda a problemática, o deputado apresentou aos moradores cópia do documento elaborado pela Assembléia Legislativa que vai ser encaminhado ao Governo Federal, que relata todas essas situações e sugeriu a forma mais prática de resolver as questões. O documento tem a assinatura dos 24 deputados e vai buscar o apoio da bancada federal também. O texto cita a questão do desmatamento zero, por um período de cinco anos, priorizando as florestas como ativo econômico, especialmente o manejo florestal de rendimento sustentável; estabelecer arcabouço legal para o aproveitamento da madeira em todas as áreas já derrubadas; “tolerância zero” quanto à manutenção da integridade das unidades de conservação; implementar medidas para fiscalização preventiva; desenvolver a política regional do meio ambiente entre outras sugestões que visam melhorias na qualidade de vida e regularização das terras.

Tiziu falou ainda que, o Governo do Estado está sensível a essas situações e que se colocou a disposição para ajudar solucionar tais dificuldades. “Por isso defende que é preciso fechar o cerco com documentos para regularizar as áreas. Sabemos que Buritis e Campo Novo hoje são os municípios que têm atendido as necessidades de Jacinópolis, e a Assembléia tem um discurso único em defesa da regularização, pois é notável que ali se tornou uma aérea produtiva para Rondônia”, ressaltou.

O deputado Tiziu fez uma previsão otimista para o município de Buritis: “Ele futuramente vai ser um grande pólo de desenvolvimento, assim como Ariquemes, pois está rodeado por vários distritos produtivos, e nós estaremos firmes e fortes na defesa dos direitos dos seus pequenos agricultores e pecuaristas”.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: