Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   19/julho/2019     
política

Jogo sujo: campanha petista fabrica “bomba” para prejudicar Cassol

17/9/2006 21:15:24
Por Imprensa Popular
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Eles estariam montando matéria para condenar o governador no caso da exploração de diamantes na reserva indígena de Roosevelt. 


 Líder nas pesquisas de intenção de voto em Rondônia, que lhe dão a vitória no primeiro turno, o candidato do PPS, governador Ivo Cassol, é o maior alvo das críticas no horário eleitoral gratuito. Ontem, no rádio, até o PMDB usou o seu programa para responsabilizar o governador pelas mazelas da capital, como se isso não fosse responsabilidade do prefeito.

E enquanto Cassol conta os dias para obter a vitória em 1º de outubro, os demais adversários seguem no mesmo estilo, desesperados com a possibilidade real de não haver segundo turno.

Fontes das mais bem informadas disseram ontem (13) a Imprensa Popular que o PT exagerará nas críticas mais ácidas que o candidato à reeleição vem recebendo nesta reta final do pleito. Acontece que Ivo não está respondendo às críticas dos adversários, preferindo mostrar algumas das centenas de obras realizado por sua administração no Estado.

Diante disso “o PT está fabricando uma bomba para detonar no programa de sexta-feira, dia 15, imaginando que com isso poderá modificar o cenário eleitoral”, disseram fontes bem informadas.

MONTAGEM

De posse de um filme sobre a extração ilegal de diamantes na Reserva do Roosevelt, que o próprio governador Ivo Cassol entregou ao senador petista Siba Machado, quando o político acreano esteve em Rondônia em nome de uma Comissão Especial do Senado, criada para investigar delitos de corrupção em nosso estado, os responsáveis pelo marketing da campanha petista da senadora Fátima Cleide “fabricam” o petardo contra o governador, através de truques de edição do tal filme, aproveitando cenas do governador, sem revelar o seu contexto.

Certamente o programa da petista não irá informar à população que foi o próprio governador Ivo Cassol quem denunciou a extração ilegal de diamantes naquela reserva, bem como o contrabando, bem como chegou a alertar o presidente Lula para o risco do local se transformar num palco de tragédia, o que acabou acontecendo com a morte de vários garimpeiros, massacrados pelos índios.

O objetivo da “bomba” fabricada pelos petistas é fazer com que aqui se repita algo parecido com aquilo que aconteceu com o caseiro Francenildo. Ele, depois de denunciar as mentiras do ex-ministro todo poderoso Palocci, acabou sofrendo uma implacável perseguição, a ponto de perder até a própria família e ter chegado à conclusão que no Brasil “é muito perigoso denunciar gente poderosa”. É uma pena que o PT não dirá, com sua “bomba” que o governo federal só tomou algumas providências sobre o garimpo de diamantes após o massacre, não tendo levado a sério o alerta de Cassol.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: