Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  seg,   25/maio/2020     
artigos

Em Linhas Gerais: a batata quente nas mãos do velho senador

24/7/2006 00:12:27
Gessi Taborda
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 


 SEM PROVIDÊNCIAS

Este jornal vem revelando isso há dois anos. Trata-se de um crime de lesa-cidade praticado com (só pode ser) a conivência do poder público. Parece coisa pequena, mas não é; pois revela a perda de autoridade daqueles que deveriam fazer valer a legislação. Ali, na rua Duque de Caxias, em pleno centro nobre da capital, um comerciante de piscinas resolveu decretar como seu depósito a calçada pública. Gigantescas piscinas de fibra de vidro que certamente irão fazer a alegria de alguma família burguesa tomam conta do espaço público e obrigam as pessoas a fazerem malabarismos ou simplesmente caminhar pela rua, disputando espaço com os veículos. Já que ninguém do executivo toma providência, por que nossos “zelosos” vereadores não fazem nada? Será que ta correndo alguma propinazinha e por isso não acontece nada com o tal “comerciante”? No caso dos camelôs e vendedores de pirataria infestando ruas e calçadas no centro a desculpa é a questão social. Será que esta desculpa serve para quem vende artigo de luxo só acessível aos grandes burgueses?

BATATA QUENTE


Será ainda nesse mês a realização de uma audiência numa vara judicial em Porto Velho, que certamente terá o efeito de uma nova batata quente nas mãos daquele até recentemente conhecido como velho senador, um homem cada vez mais isolado exatamente por ter pensado só em si mesmo ao longo de sua trajetória política. E desta vez esta batata quente tem um nome (Faro) e um conteúdo explosivo (inadimplência com o INSS em algo próximo dos R$ 18 milhões). No final do desfecho deverá sobrar uma lição: se arrogância fosse força, se manipulação fosse virtude, então sim, esse homem teria mesmo a inteligência que acreditou possuir. Será que a próxima queda virá com o choque benigno de humildade e sensatez? A maioria duvida.

EFEITO CARRIL


Sobrou para uma empresa de TV da cidade o pepino deixado por um antigo apresentador de um desses programas sensacionalistas. Processo já julgado na Justiça tendo como pivô o “jornalista” Carril – em lugar incerto e não sabido – vai obrigar a dona da TV a desembolsar quase R$ 150 mil. O dono da ação resolveu deixar de lado o “jornalista” e receber apenas a indenização que caberá à empresa onde atuava o tal Carril. Segundo corre à boca pequena não cabe mais recurso para evitar a sangria.

ENTREGOU


Na sexta-feira a Rede TV divulgou em seu principal tele jornal que o senador Amir Lando, candidato ao governo de Rondônia, não tinha declarado nenhum bem ao Tribunal Regional Eleitoral. Essa polêmica vinha sendo alimentada pela imprensa rondoniense. Na verdade a Rede TV foi injusta com o homem das CPIs. Amir entregou sua declaração de bens (idêntica à fornecida ao “leão”) na quarta-feira (12).

AUDACIOSO


Nem eu acreditei. Imaginava vê-lo numa disputa com grande possibilidade de vitória, num retorno glorioso à Câmara dos Deputados. Mas Carlinhos Camurça é audacioso, ambicioso e sabe mexer o doce. É candidato ao governo do Estado, conseguiu uma mulher simpática como vice e um candidato competitivo para o senado. Já não digo mais que nunca será governador de Rondônia. Já foi uma das grandes lideranças entre os jovens de Porto Velho. Não pode mais, pelas restrições da legislação, promover as festanças de outrora. Nem por isso estará impedido de ter ascensão por outros motivos. Terá tempo mais do que suficiente na TV para vender o seu peixe sem, como disse, partir para o ataque e para a baixaria. A “embalagem” estará a cargo de marqueteiros vindos do Pará.

SORTE


Camurça é, com certeza, um homem de sorte. Ganhou metade de um mandato de prefeito substituindo Chiquilito Erse, já falecido. Com a vitória subseqüente nas urnas, acabou ficando seis anos na prefeitura da Capital. Agora, ao sair candidato ao governo, assiste seu antigo marqueteiro Claiton Pena tomando posse como Juiz Eleitoral. Isso tudo pode sinalizar bons augúrios.

MÃOS AO ALTO


Tem razão o presidente da Associação Cidade Verde e candidato a deputado estadual pelo PPS, Paulo Xisto, quando tasca que a Ceron “está assaltando o cidadão”. Paulo Xisto, defensor intransigente do consumidor tem se constituído num algoz da estatal ao promover na Justiça um processo contra os seus “medidores aéreos”, que impedem o consumidor de descobrir o seu real consumo e ou simplesmente verificar se o monstrengo funciona direito. Na verdade coisas absurdas acontece também contra aqueles consumidores que têm os medidores de parede. Agora mesmo recebi uma conta cobrando absurdos 500 reais de consumo, representando um de mais de 100 reais em relação à conta anterior. É claro que não tem explicação, principalmente porque o consumo da residência não aumentou em nada. Esperar o que, num país onde o cidadão é tungado sempre sem maiores conseqüências. Impressionante como esse povo gosta de dinheiro...

DISPUTADÍSSIMO


Com a desistência de Nilton Capixaba na disputa pelo senado com a idéia de garantir reeleição na Câmara e com isso manter-se blindado em relação ao escândalo da máfia dos sanguessugas, será disputadíssima a conquista da única cadeira em jogo entre Expedito Júnior, Acir Gurgacz e Melki Donadon. Esse último candidato tem a seu favor a liderança incontestável do cone sul. Expedito Júnior está cacifado pelo governador e Acir deverá utilizar a força do império de seu grupo, o Cascavel. Quem não tem a menor chance é o médico José Augusto, que vai na cola da candidata do PT ao governo, a atual senadora Fátima Cleide.

PARA DAR TRABALHO


O professor universitário Adilson Siqueira, candidato do PSOL ao governo do Estado, independente das chances de chegar ao Palácio Getúlio Vargas, deixou claro com sua participação no encontro realizado pela OAB-RO, que vai dar trabalho danado aos demais candidatos. De longe o mais preparado intelectualmente entre os que estão na disputa (com exceção de Amir Lando) Adilson deverá ser o destaque nos debates a serem realizados. Tem uma vantagem: a imagem de honestidade e nenhuma vaidade daqueles que buscam o poder pelo poder.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: