Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   27/novembro/2020     
cidades

Dinho garante: “vou governar com espírito suprapartidário”

24/8/2004 09:49:48
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



O candidato do PSDB à prefeitura de Candeias do Jamary explica que sua administração não loteará cargos pela política partidária, pois serão ocupados pelos melhores profissionais, dispostos a garantir o bem-estar da população. 


 “Sou um morador de Candeias, um militante da cidade, um torcedor pelo seu engrandecimento, pela sua melhoria. Não pretendo vencer esta eleição para governar para a prefeitura. O bom prefeito tem de governar para a sua cidade, para os seus moradores”. Foi assim que Dinho começou a explicar que será “um prefeito suprapartidário”, mantendo boas relações com o governo federal, com o governo estadual e também com os representantes do povo na Assembléia, na Câmara dos Deputados e no Senado, sem levar em conta o partido de cada um.

A mesma filosofia, acrescentou, será aplicada na escolha dos ocupantes dos cargos estratégicos da Prefeitura para a promoção do desenvolvimento econômico e social: “Vamos seguir a orientação de respeitar o corpo técnico da prefeitura, aproveitando os ótimos profissionais existentes no serviço público municipal que também desejam bem-estar da população, sem olhar o lado da amizade ou da coloração partidária e ideológica de cada um”.

E tudo isso porque Dinho tem, como acentuou, “políticas definidas para a saúde, a educação, o turismo e a defesa do cidadão”. Ai então ele destaca: “vou dar prioridade à saúde, ao social e a educação”, gerando o número de vagas necessárias para que “nenhuma criança de 03 a 10 anos fique fora das escolas”.

CRECHES

Uma das metas do candidato do PSDB é a construção de creches “não só na sede do município mas também nos distritos”, para atender crianças de mães que precisam trabalhar, ajudando no sustento da família. Dinho diz que a Educação “melhorou muito com a administração do prefeito Lindomar Garçom”, mas com ele “este será um setor que vai servir de referencial para vários municípios do Estado, principalmente na área de atendimento à clientela da primeira infância”.

Interessado em fugir do lugar comum “na política educacional praticada na maioria dos municípios”, Dinho acalenta um projeto exclusivo “que fará de Candeias uma cidade pioneira neste segmento”. Ele sonha em construir “uma Escola de Cultura Popular”, incentivando o desenvolvimento das manifestações de cultura local, nas áreas de dança, folclore, artesanto, teatro, etc. Para isso o candidato tem conversado com “representantes do segmento cultural, sejam de que partido forem”.

Na área da Saúde o candidato do PSDB promete um grande esforço “aumentar o número de postos de saúde, melhorando o atendimento da população da sede do município e dos distritos”, ampliando a oferta de remédios para as pessoas carentes, buscando a excelência administrativa nas unidades de saúde, e implementando um serviço de puericultura para as mulheres-gestantes que não podem pagar um pré-natal.

DESENVOLVIMENTO

Do ponto de vista do desenvolvimento, “as ações se voltarão para setores que gerem empregos”. Dinho se compromete a dar continuidade, com maior ênfase, ao plano estratégico do Turismo. “Farei coisas que levantarão cada vez mais o alto astral do candeiense, atraindo turistas e promovendo eventos para que este setor seja uma alavanca da economia do município, gerando trabalho e renda para boa parte dos nossos moradores”.

Dinho participou dos esforços realizados pelo prefeito Garçom na implantação de projetos importantes, como o Centro Turístico Beira Rio, que faz de Candeias uma cidade efervescente nos finais de semana. Ele garante que “completará” o complexo “nos detalhes que ainda faltam” e avançará “na busca de novos investimentos privados” para este segmento, “com a construção de hotéis e outros equipamentos para a realização de eventos importantes” que façam de Candeias um dos “destinos mais procurados em Rondônia”.

Para Dinho, “não existe problema em Candeias que não possa ser solucionado se a administração for conduzida por alguém que se empenha e que tenha o respaldo da população”. Para ele “a comprovação disso” está na administração que seu sobrinho, o prefeito Lindomar Garçom, fez até aqui”, depois de herdar um município “com tantos problemas que parecia não ter perspectivas”.

MOTIVAÇÃO

Como uma dos poucos candidatos que mora efetivamente em Candeias do Jamary e lá está há mais de uma década, Dinho não esconde o entusiasmo “com o desafio” de “realizar uma gestão” a partir de janeiro de 2005, “para resolver as demandas prioritárias” ainda existentes. Para ele a sua vitória vai acontecer “porque a população do município de Candeias conhece” sua vontade política, seu desprendimento e seu desejo de trabalhar “pela demanda social, em razão dos interesses da população”, superando “os desejos fugazes de outros personagens que já demonstraram não ter equilíbrio e nem capacidade de sentarem-se à mesma mesa com outras instituições” que precisam ser parceiras do desenvolvimento municipal.

O candidato do PSDB é um tipo alegre e acolhedor. Por isso estréia na política com tanto sucesso. Ele, como disse um líder classista de Candeias, “se insere no ambiente de Candeias, onde se destaca como um homem de métodos construtivos, saindo do convencional, cultivando sonhos que para os outros parecem difíceis de serem realizados”. E Dinho faz uma reflexão que é quase uma garantia de como pretende agir se for eleito: “Eu quero ter o mesmo sentimento que vejo hoje no Garçom, o sentimento do dever cumprido; a sensação agradável de que a obra política construída por ele, por ser qualificada, permanece e falará dele às futuras gerações do Candeias. Eu quero realizar uma gestão que, ao final, me encha desse mesmo orgulho cívico que o Garçom sente de ter servido à nossa comunidade”, concluiu.

NOTA DA REDAÇÃO – o jornal Imprensa Popular tentou entrevistar outros candidatos a prefeito de Candeias mas seu esforço em localizar qualquer um deles foi em vão. A maioria procurada não demonstrou interesse em falar aos leitores desse município através do jornal.



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: