Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro


 

Porto Velho,  qua,   17/julho/2019     
COLUNISTA: Gessi Taborda

GOL CONTRA

16/6/2009 21:22:27
taborda@enter-net.com.br
 
  

A companhia aérea Gol, que se autodefine como “companhia de baixo custo”, passou a cobrar por lanches servidos a bordo, de acordo com nota distribuída pela mesma na quarta-feira, dia 3. A empresa fornecerá somente bebida não-alcoólica e amendoim de forma gratuita. O preço dos sanduíches será de R$ 10, enquanto combos que incluem bebida e acompanhamento custarão R$ 15. O pagamento poderá ser feito em dinheiro ou em cartão de crédito.

VOVÔ SARNEY

O senador José Sarney (PMDB-AP), não explicou o motivo de a exoneração de seu neto João Fernando Michels Gonçalves Sarney do gabinete do senador Epitácio Cafeteira (PTB-MA), no ano passado, ter ocorrido por meio de um boletim secreto. O presidente do Senado disse (acredite quem quiser) que a nomeação do neto não passou por ele, tendo sido tratada exclusivamente por Cafeteira e pelo jovem. “Foi ele (Cafeteira) quem escolheu. Foi ele quem nomeou. E o que posso afirmar é que eu não pedi a ele a nomeação do meu neto para participar do seu gabinete. O neto de Sarney ficou mais de um ano no cargo de secretário parlamentar. O cargo dava direito ao jovem, que está prestes a concluir o curso de Administração, a um salário mensal de R$ 7,6 mil. Vinte dias após a exoneração de João Fernando, sua mãe foi contratada para ocupar o seu lugar, recebendo o mesmo salário, no mesmo gabinete e na mesma função.

FATURAMENTO MILIONÁRIO

Em Rondônia ninguém divulgou essa informação. Foi preciso que a revista “Distribuição”, editada pela Associação Brasileira de Distribuidores e Atacadistas divulgasse para que se soubesse a quanto chegou o faturamento da Distribuidora Coimbra, de Porto Velho, no ano passado: 297 milhões, ou seja, um crescimento de 16% sobre o faturamento de 2007, que foi de R$ 256 milhões. Com um faturamento milionário desses, certamente a empresa do Mário Português deve estar no topo da lista dos maiores pagadores de impostos de Rondônia.

BOA POLÍTICA

A fábrica de cimento da Votorantim em Porto Velho, em acelarada construção às margens da BR-364, deverá entrar em operação no final desse ano, se não houver algum tipo de imprevisto. É possível que com a produção de cimento na capital rondoniense aconteça uma redução nos custos das atividades da construção civil. Pelo menos é o que se espera. A Votorantim é uma das 10 maiores empresas de cimento do mundo, atuando além do Brasil, no Canadá e nos Estados Unidos. Mesmo liderando o mercado de cimentos no Brasil, com 40% do setor, a Votorantim cultiva a política do bom relacionamento com a sociedade. E foi por isso, certamente, que Amanda Wall e Andreia Salles, duas responsáveis pela execução dessa política de relacionamento da empresa, estiveram visitando Imprensa Popular para falar do desejo da Votorantim em participar dos esforços da sociedade para melhorar cada vez mais a situação econômica e social de Porto Velho e do estado rondoniense.

INIMIGO PRESTIGIADO

A política rondoniense é pródiga em bizarrices. No relatório da sentença exarada pelo Juiz Pablo Coelho Charles Gomes, da 1ª Vara Federal Criminal de Vitório, ES, condenando o dono jornal O Estadão do Norte, Mário Calixto Filho, a 7 anos, 10 meses e 15 dias de prisão, há afirmações feitas pela defesa do até agora (16) foragido da Justiça, dando conta de seu rompimento e inimizade com o governo Ivo Cassol. Ora, se isso for verdade fica mais vez provado que o governador pratica a distribuição isonômica da verba de publicidade oficial do Estado. É público e notório que o jornal de Mário foi um dos que mais recebeu mídia do governo. E também pode-se dizer que seu veículo e seu irmão (que está apresentando programa na rádio de Odacir Soares, chefe da Casa Civil do governo) são altamente prestigiados pela presidência da Assembléia, exercida por um deputado da base do governo e de suas íntimas relações políticas. Só mesmo num estado de bizarrices um “inimigo” do governo consegue tanto prestígio.

ESCONDIDO

Até o momento permanece sem revelação o nome que poderá fazer dobradinha com o governador Ivo Cassol, se este realmente se tornar candidato ao Senador em 2010. Tem muita gente interessada em entrar na chapa para ser o segundo voto. Numa carona dessas alguém que não teria condições de enfrentar uma disputa majoritária bem que poderá chegar em Brasília, desbancando gente que já conta com “reeleição garantida” para aquela Casa do congresso nacional.

GUARDA MUNICIPAL

O prefeito Roberto Sobrinho não tem nenhuma autoridade para colocar nas costas do governo toda a responsabilidade pelo aumento da violência e do crime em Porto Velho. O prefeito da capital rondoniense gosta de usar o gogó mas, como sempre, não faz o dever de casa. Se fosse realmente um administrador de visão, capaz e sem dissumulação já teria, no mínimo, criado a Guarda Municipal, uma instituição existente em quase todos os municíos do porte da nossa Porto Velho. Roberto é mestre em fazer discurso do tipo truque de madame, que só impressiona seus prórios áulicos.

NINGUÉM É SANTO

Não dá para acreditar que “os moto-taxistas” são um bando de coitadinhos. Mas daí a acusá-los pelos incêndis dos onibus e pelo terror gerado no sistema de transporte público da cidade é uma tremenda sacanagem. É claro que os donos de taxis e também os empresários dos onibus urbanos são totalmente contrários à regulamentação e liberação do sistema de mototáxi em Porto Velho. Eles sempre tiveram esse setor como uma reserva de mercado e, por terem recebido todos os benefícios com a política do monopólio, não querem ver funcionando nada que dê mais opções ao usuário. Esse pessoal não é flôr que se cheire e pode muito bem armar um esquema onde quem acabe implicado seja os que lutam pela regulamentação do transporte alternativo.



Nenhum comentário sobre esta coluna

Mais colunas de Gessi Taborda
Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13


Últimas Matérias
Publicidade: