Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro


 

Porto Velho,  dom,   13/outubro/2019     
COLUNISTA: Gessi Taborda

Em Linhas Gerais

10/4/2004
taborda@enter-net.com.br
 
  
FUTURO INCERTO

O deputado Hamilton Casara sumiu. Ele at√© que come√ßou bem seu primeiro mandato, no per√≠odo em que pertenceu aos quadros do PSDB. Tinha uma presen√ßa discreta, mas aparecia com regularidade na m√≠dia. Chegou a ter seu nome ventilado como poss√≠vel candidato a prefeito de Porto Velho, com o apoio do governador Ivo Narciso. Depois que mudou de partido, indo para o PSB, o deputado simplesmente desapareceu. Se continuar nesse marasmo seu futuro pol√≠tico √© incerto. Dificilmente conseguir√° renovar, em 2006, sua perman√™ncia na C√Ęmara dos Deputados.

PESO DA FOME

A retirada de Porto Velho do Programa Fome Zero vai tornar ainda mais difícil a situação do pré-candidato do PT à prefeitura, Roberto Sobrinho. Afinal, o que adiantará ter as rédeas do programa para o Estado, se politicamente não haverá como fatura-lo junto ao eleitorado da Capital?

RESSABIADO

Jos√© Augusto, o mais prov√°vel pr√©-candidato do PMDB na sucess√£o de Porto Velho, est√° meio ressabiado. O burburinho cada vez maior nas entranhas do partido sobre um poss√≠vel apoio √† candidatura de Mauro Nazif enche de d√ļvidas o m√©dico peemedebista. Enquanto n√£o sentir que os ‚Äúgide√Ķes‚ÄĚ peemedebistas est√£o unidos em torno de seu nome, Jos√© Augusto n√£o come√ßa a festa eleitoral. E sem tocar a bola pra frente j√°, pode perder espa√ßo para o colega do PSB.

NAS P√ĀGINAS

De 2000 at√© agora, pelo menos 30 garimpeiros foram chacinados pelos √≠ndios Cinta Larga, na Reserva Ind√≠gena Roosevelt, nas proximidades de Espig√£o do Oeste. Esta √© a informa√ß√£o destacada em todos os jornais do pa√≠s que ontem abriram espa√ßo para noticiar um novo massacre de invasores da reserva, com um saldo de 12 mortes, em busca de diamantes. As investiga√ß√Ķes desse novo massacre foram assumidas pela Pol√≠cia Federal, que pretende terminar o resgate dos corpos ainda hoje.

Com a exploração clandestina de diamantes naquela reserva, operação iniciada no ano de 2000, o país já contabiliza uma evasão de divisas na ordem de um bilhão de dólares, segundo estimativas do DNPM. Até agora o Ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, não atendeu o pedido do governo rondoniense, Ivo Narciso, que cobra providências para parar o fim da matança.

PRECOCE

Odacir Soares, segundo fontes, optou pela aposentadoria precoce na pol√≠tica, da√≠ o motivo pelo qual aceitou o convite para dirigir a representa√ß√£o pol√≠tico-administrativa de Rond√īnia em Bras√≠lia. O antigo ex-senador concluiu que a √ļnica maneira sensata para continuar seria ganhar uma cadeira na C√Ęmara Municipal (com toda a chance de se tornar o presidente do legislativo da Capital), de onde recome√ßaria seu projeto eleitoral. Esse caminho foi descartado. Possivelmente Odacir lembrou-se do fracasso estrondoso que teve um outro senador rondoniense, Claudionor Roriz, que tentou essa via em Ji-Paran√°, que acabou sendo a sua p√° de cal.

MUDOU

T√™m raz√£o os antigos admiradores do ex-deputado Mauro Nazif em ficar espalhando por ai que ele mudou muito, depois de sofrer a derrota como candidato ao governo do Estado. Parece que o dr. Mauro optou por esquecer princ√≠pios que fez dele uma das mais importantes lideran√ßas da ‚Äúesquerda‚ÄĚ em Porto Velho. Al√©m de negociar apoios daqueles que sempre estiveram em sua al√ßa de mira, Mauro resolveu cooptar um desses escribas carreiristas para fazer sua assessoria de comunica√ß√£o. O deslumbramento diante da possibilidade de conquista o poder poder√° ser o calcanhar de Aquiles desse homem que passou a falar coisas completamente dispens√°veis.

√Č DO GRUPO

O deputado Carl√£o de Oliveira n√£o descarta a possibilidade do PFL vir a apoiar, na Capital, a candidatura de Silvana Davis, do PSL. A um rep√≥rter, o presidente do PFL e da Assembl√©ia, usou uma senten√ßa taxativa para falar dessa mulher negra, servidora p√ļblica, l√≠der de milhares de portovelhenses: ‚ÄúN√£o importa seu partido. Ela faz parte do nosso grupo!‚ÄĚ. Pra bom entendedor um pingo √© letra.

VACAS GORDAS

O vereador Louzada, de Jar√ļ, n√£o entende como a prefeitura de sua cidade gastou cerca de 80 mil reais em di√°rias no m√™s de dezembro passado. Para ele esse tipo de fato joga por terra os argumentos de que h√° car√™ncia de recursos na administra√ß√£o p√ļblica. ‚ÄúDeve estar sobrando dinheiro para custear uma farra dessas!‚ÄĚ, comentou com jornalistas em Porto Velho.

CIRCULANDO

Até o final dessa semana estará circulando mais uma edição do periódico Imprensa Popular, editado pelo colunista. Com esta edição o jornal encerra sua fase de mensário. Em maio Imprensa Popular passa a ser semanário. Para isso está concluindo a montagem de sua redação central.

EFEITOS DO PODER

Em Rond√īnia o Poder tem efeitos devastadores sobre as fam√≠lias de seus personagens. O p√ļblico fica sabendo de pouca coisa sobre isso porque a nossa imprensa ainda n√£o descobriu que homens p√ļblicos n√£o t√™m vida privada. Eu mesmo sempre evitei trazer este tipo de informa√ß√£o. Agora, quando estamos no limiar de escolher novos dirigentes municipais, penso ser obriga√ß√£o dos jornalistas revelar certos casos. Podem acreditar: tudo que um homem p√ļblico faz ou deixa de fazer naquilo que representa sua vida familiar afeta aquilo que precisa realizar na vida p√ļblica. As contrariedades, as incertezas, o desamor, tudo isso influ√≠ na sua capacidade de administrar a coisa p√ļblica.

Se um homem quebra ‚Äď ap√≥s experimentar uma fatia do Poder ‚Äď uma rela√ß√£o est√°vel com sua verdadeira fam√≠lia, apartando-se de filhos e da mulher, trocando a vida do lar pelo ambiente transg√™nico de um hotel, certamente este homem n√£o ser√° confi√°vel administrando os interesses de uma cidade, de um estado ou de um pa√≠s. O eleitor precisa saber dessas coisas antes de decidir em quem depositar√° seu voto.

Conheci v√°rios personagens da pol√≠tica daqui que tinham uma vida de casal, de fam√≠lia, e que depois resolveram trocar a fam√≠lia pela futilidade da ribalta, trocando suas verdadeiras mulheres, aquelas dos momentos de dificuldades, de verdadeiro sofrimento, por alguma dondoca com mais glamour para transitar nas falsidades dos sal√Ķes da elite. O efeito disso √© devastador, principalmente para os filhos, condenados a um sofrimento total e absoluto.

Alguns desses personagens, aqueles vindos dos grot√Ķes, acabaram nos por√Ķes de v√≠cios destruidores ou desceram at√© aos subterr√Ęneos de alguns pres√≠dios. Perderam at√© a capacidade da sobreviv√™ncia civil. Quem n√£o consegue ter uma vida familiar organizada, certamente n√£o conseguir√° cuidar bem da administra√ß√£o p√ļblica. Pensem nisso.

VAI CHEGAR

Uma fonte garante que antes de maio chegar, vai chegar tamb√©m o aumento da passagem dos coletivos. Como sempre, vir√° de goela abaixo. A fonte dizia que o portovelhense vai ter de pagar pr√≥ximo de 1,90 para andar de √īnibus na Capital. Se pelo menos o sal√°rio chegasse a uns 500 reais!

ET√ćLICA

Uma mulher foi √†s compras em um supermercado perto de casa, onde pegou: 2 caixas de leite integral, 1 d√ļzia de ovos, 1 litro de suco de laranja, 1 alface americana, 1 kg de caf√©, e 1 pacote de bacon fatiado. Enquanto ela passava as compras do carrinho para a esteira do caixa, um b√™bado, seguinte na fila, a observava. Enquanto o caixa registrava as suas compras, o b√™bado calmamente disse:

- Você deve ser solteira!!!
-
A mulher ficou um pouco espantada com a declaração, e intrigada com a intuição do bêbado, já que, de fato, era solteira. Ela olhou os seis itens sobre a esteira e nada viu de particular, em sua seleção, que pudesse sugerir ao bêbado seu estado civil. Com a curiosidade aguçada, ela disse:

- O senhor está absolutamente correto. Mas como diabos conseguiu descobrir isso? E o bêbado respondeu:
-
- √Č porque voc√™ √© feia pra cacete!!!
-
AT√Č O PT

Pode até ser blefe, mas Chico Pernambuco garante que até o PT irá apoiar sua candidatura a prefeito de Candeias. Ele, que o primeiro prefeito de Candeias, acha que será eleito porque fez, dentro do possível, uma ótima administração no vizinho município. Além do partido dos barbudinhos, Chico afirma que também terá do seu lado o PcdoB. Quem diria que a esquerda apoiaria a política desse que foi um contraditório e lendário personagem dos tempos do garimpo!

PRONTO

Está praticamente pronto o restaurante dos servidores da Assembléia, uma iniciativa do deputado Carlão de Oliveira, em prosseguimento ao seu programa de valorização dos servidores da Casa. A data da inauguração só será definida depois que o restaurante estiver totalmente equipado.


Nenhum comentário sobre esta coluna

Mais colunas de Gessi Taborda
Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13


Últimas Matérias
Publicidade: