Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro


 

Porto Velho,  s√°b,   19/outubro/2019     
COLUNISTA: Gessi Taborda

Em Linhas Gerais - 29/08/2003

28/8/2003
taborda@enter-net.com.br
 
  
GENTILEZA ÀS PAMPAS
At√© agora tem gente estranhando o tamanho da gentileza do m√©dico Viriato Correia para com os servidores do Ipam em nome dos 15 anos de funda√ß√£o do Hospital Central. Primeiramente foram cestinhas de bombons enviadas para todos os servidores do Instituto que cuida da previd√™ncia e assist√™ncia m√©dica dos servidores municipais. Depois foi o envio de um “diploma” de agradecimento. E olha que Viriato n√£o daqueles que abrem a m√£o com facilidade.

NOVO VISUAL
Silvana Davis está de novo visual. A mulher do Buiu agora usa os cabelos acaju num corte baixíssimo. Silvana está se dando bem numa das diretorias do Detran, nem por isso retirou de sua agenda a idéia de concorrer à prefeitura no próximo ano. Ela sabe que para isso terá de deixar o governo, posto que Ivo Narciso está decidido a apoiar Amilton Casara.

REPRIMENDA
Edmar Moura, Secret√°rio Municipal dos Transportes por indica√ß√£o de Oscar Andrade, ouviu ontem, publicamente, uma reprimenda do governador Ivo. “Como √© que uma Secret√°ria dessas pode dar concess√£o a empresas de √īnibus que mant√©m esses ve√≠culos licenciados at√© Rio de Janeiro? A Secretaria Municipal de Transportes deveria exigir das permission√°rias que todos os √īnibus fossem licenciados aqui, emplacados aqui, gerando para os cofres do Estado e dos munic√≠pios as parcelas do IPVA”, afirmou o governador. Digerindo a mensagem, Edmar procurou desconversar garantindo que 90% da frota do servi√ßo de transporte coletivos de Porto Velho est√° licenciada no Detran de Rond√īnia. Acredite quem quiser.

PERFUMARIA

Quem se deter a analisar as atividades da C√Ęmara Municipal de Porto Velho ficar√° decepcionado com o desempenho da maioria dos vereadores. A maior parte dos projetos apresentados n√£o significa muita coisa em termos de atender interesses da coletividade. Os vereadores salvo honrosas exce√ß√Ķes, preferem cuidar de quest√Ķes perif√©ricas quando n√£o se dedicam √† mera perfumaria. Uma outra constata√ß√£o: os projetos apresentados pelo Executivo sempre recebem tratamento diferenciado, culminando com a aprova√ß√£o sem maiores delongas.

CAIU

Tem gente estranhando o tom das reportagens da TV Rond√īnia que acabam desaguando na cr√≠tica ao governo. Essa nova postura da retransmissora da Globo no Estado reflete, ao que tudo indica, a queda do governo na composi√ß√£o do faturamento. Segundo se informa, atualmente a participa√ß√£o do governo no bolo publicit√°rio da emissora n√£o ultrapassa os 20%.

CARGOS

Carlos Vitachi, titular do Minist√©rio P√ļblico rondoniense, anunciou que pretende remeter ao legislativo at√© o mesmo de outubro o novo Plano de Cargos e Sal√°rios da institui√ß√£o, que pretende ver vigorando a partir do novo ano. No momento aquela autoridade espera aprova√ß√£o de lei para que os feitos do Minist√©rio P√ļblico possam ser publicados no Di√°rio Oficial do Judici√°rio.

PERCURSO

A dra. Marilene Penatti, nova diretor do Hospital de Base, passou praticamente o dia todo de ontem visitando diretorias e departamentos do maior hospital p√ļblico rondoniense, apresentando-se perante o contingente de pessoal que j√° est√° trabalhando sob seu comando. Marilene j√° demonstrou sua compet√™ncia dirigindo o Hospital Infantil Cosme e Dami√£o, de onde saiu elogiada pelo corpo cl√≠nico, param√©dicos e pacientes. Ontem j√° era poss√≠vel sentir um melhor entusiasmo nas fei√ß√Ķes dos servidores do HB com a nova diretora.

DEFENSORIA

O deputado Em√≠lio Paulista (PPS-Cacoal) achou “fora da realidade” boa parte das declara√ß√Ķes de Jo√£o Sismeiro, titular da Defensoria P√ļblica Estadual, sobre a cria√ß√£o do √≥rg√£o. Paulista lembrou que coube a ele, como deputado, encaminhar a lei que criou a Defensoria, tanto no √Ęmbito das comiss√Ķes fixas da Assembl√©ia como no pr√≥prio plen√°rio. Paulista revelou tamb√©m que o ex-governador a princ√≠pio n√£o era a contra a cria√ß√£o: “Quem realmente n√£o queria a instala√ß√£o da Defensoria P√ļblica era Arnaldo, irm√£o de Bianco”.

GRANDE OBRA

O professor Mois√©s de Oliveira, Secret√°rio Regional do PFL e um dos pretensos candidatos a prefeito do partido, acredita que “quanto mais se aproximar √† elei√ß√£o, mas ser√° f√°cil compreender a envergadura da engenharia pol√≠tica usada para a cria√ß√£o do Frent√£o”. Mesmo coexistindo pelo menos uns tr√™s candidatos ao Senado e uns dois ao governo, nas elei√ß√Ķes de 2006, Mois√©s n√£o acredita na ruptura do grupo. √Č esperar pra ver.

TOM√Č

O novo golpe aplicado pelo “publicit√°rio” Toca Barnab√© na pra√ßa de Porto Velho, que culminou com o fechamento da “ag√™ncia de publicidade” Angel tem ingredientes demonstrando que tudo foi milimetricamente planejado. Quando os detentores da ordem do im√≥vel na esquina da rua Guanabara com Pinheiro Machado, onde o moc√≥ Barnab√© funcionou desta vez, n√£o havia mais nada. A “limpeza” foi feita na calada da noite. N√£o se sabe se Oscar Andrade, anunciado como o mais recente “s√≥cio” do Barnab√© vai segurar o roj√£o. Em Porto Velho √© assim: at√© os “espertos” adoram acreditar em papai-noel e fazer associa√ß√£o com os pin√≥chios da vida.

EM ALTA

Richard Morant est√° em alta no governo. Dever√° substituir totalmente o papel que vinha sendo desempenhado por um tal de Jar√≠. Ontem foi escolhido para uma miss√£o tinhosa por C√©sar Cassol, que foi enf√°tico: “O governador espera resultados imediatos sobre esse assunto”. O governador n√£o ag√ľentava mais tanta protela√ß√£o no setor de rela√ß√Ķes com a m√≠dia.

OPERAÇÃO

Paulo Moraes, Secret√°rio da Defesa e da Cidadania dever√° ficar livre do incomodo “colar” cir√ļrgico nos pr√≥ximos dias, ap√≥s submeter-se √† complexa cirurgia num hospital de Curitiba (PR). Todo mundo torcendo para que o deputado licenciado saia-se bem dessa. Inclusive seu suplente, Noedy, agora na Assembl√©ia.

CICLISTAS

Finalmente o Detran far√° campanha educativa visando reduzir os acidentes de tr√Ęnsito provocados por ciclistas. Pena que a campanha est√° centrada apenas no alcoolismo. Na verdade os ciclistas, principalmente em Porto Velho – que possu√≠ 1% das bicicletas do Brasil – s√£o perigosos no tr√Ęnsito mesmo quando s√≥brios por n√£o ter consci√™ncia do perigo. A maioria das bicicletas em tr√Ęnsito na Capital est√£o em desacordo com as exig√™ncias do Contran. N√£o possuem espelho retrovisor, sinais reflexivos e andam costurando o tr√Ęnsito, disputando com os autom√≥veis as faixas destinadas aos ve√≠culos automotores. Embora o C√≥digo Nacional do Tr√Ęnsito pro√≠ba terminantemente o tr√Ęnsito de ve√≠culos de tra√ß√£o animal em rodovias, aqui ningu√©m da bola para isso. √Č comum ver bicicletas transitando na BR-364, no trecho compreendido entre Candeias e Porto Velho. Ningu√©m fiscaliza ou pune os ciclistas. Tomara que a campanha “Beber e sair pedalando √© abusar da sorte” seja apenas o principio para colocar esta “amea√ßa ao tr√Ęnsito” nos limites da legisla√ß√£o.

AMAZONINO

Renato Lima, do PTB, foi recebido em Manaus pelo ex-governador Amazonino Mendes, “para colher algumas li√ß√Ķes pol√≠ticas”. O ex-governador √© um dos amigos de Renato que o estimula a entrar na vida p√ļblica. Ap√≥s este curt√≠ssimo intervalo, o presidente do diret√≥rio municipal do PTB reinicia sua maratona buscando consolidar sua pretens√£o de tornar-se o candidato a prefeito do partido em 2004.

PICARETAS

Tanto C√©sar Cassol, do Detran, como seu irm√£o Ivo, o governador, voltaram a alertar ontem os propriet√°rios de ve√≠culos sobre a exist√™ncia de “muitos despachantes que s√£o meros picaretas”. S√£o os tais despachantes que pegam dinheiro de propriet√°rios de ve√≠culos e deixam de pagar as parcelas do IPVA, usando recibos clonados da reparti√ß√£o. Quem foi v√≠tima desses espertalh√Ķes ter√£o de pagar novamente as taxas de licenciamento do ve√≠culo, ap√≥s cruzamento das contas do IPVA que ser√£o feitas pelo Detran e Secretaria de Estado das Finan√ßas.

DEVOLVEU

Por ter reduzido sua estada na França, o governo Ivo Narciso e sua mulher, Ivone, devolveram R$ 4.500,00, cada um, que receberam a título de diárias de viagem. Quem garantiu isso foi o próprio governador.

Nenhum comentário sobre esta coluna

Mais colunas de Gessi Taborda
Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13


Últimas Matérias
Publicidade: